Financiamento do BNDES para rádios comunitárias passa na CCT da Câmara


A Comissão de Ciência e Tecnologia da Câmara (CCT) da Câmara o Projeto de Lei 4133/12, do Senado, que autoriza a União a conceder financiamento pelo BNDES às emissoras de radiodifusão comunitária. De acordo com a proposta, os recursos poderão ser utilizados para a aquisição de equipamentos; a modernização de instalações e de sistemas radiantes; a produção de programas culturais e educativos e programas de formação profissional; e apoio à atuação de conselhos comunitários.

Pelo texto, o financiamento poderá ser pago em até 10 anos com prazo de carência de dois anos e taxa de juros de longo prazo. O parecer da relatora, deputada Luiza Erundina (PSB-SP), foi favorável ao projeto. “Essa proposta vem ao encontro das reivindicações por maior incentivo do Estado para as rádios comunitárias, visto que tais emissoras não podem comercializar publicidade, ficando limitadas a admitir patrocínio sob a forma de apoio cultural, proveniente de estabelecimentos situados na área da comunidade atendida”, disse.

Segundo a deputada, essas restrições legais ao financiamento das rádios comunitárias são um entrave ao seu desenvolvimento, “o que termina por colocar em xeque a própria sobrevivência desses veículos, prejudicando as comunidades nas quais estão inseridas”.

PUBLICIDADE

A proposta, que já passou pelo Senado, tramita em caráter conclusivo e será analisada ainda pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça.(Com Agência Câmara)

Anterior Queda da assinatura básica da Telefônica influencia na variação menor do IPCA de julho
Próximos Semana termina sem solução para a venda da T-Mobile