Xiaomi supera a Apple e se torna 2º maior fabricante de smartphones do planeta


xiaomi

A fabricante chinesa Xiaomi passou a Apple no segundo trimestre e se tornou o segundo maior produtor de smartphones do planeta, conforme estatísticas da consultoria Gartner. A liderança deste mercado segue nas mãos da sul coreana Samsung.

PUBLICIDADE

A empresa registrou um crescimento de 80,5% em suas vendas de smartphones devido a uma presença on-line mais forte e à rápida expansão nos mercados globais além da Ásia-Pacífico, liderada por investimentos em canais de varejo e parcerias com fornecedores de serviços de comunicação (CSPs). As vendas da Apple cresceram 28,3% e sua participação de mercado aumentou 2,1% ao ano.

A Huawei, que chegou a disputar a segunda colocação com a Apple em 2019, desapareceu do ranking em função da retração das vendas devido às restrições comerciais impostas pelos Estados Unidos e venda da Honor, sua marca para dispositivos de entrada.

Ranking global de vendas de smartphones para usuários finais por fabricantes no segundo trimestre de 2021 (em milhões de unidades)

Fabricante

Unidades no 2T21

Participação de Mercado 2T21 (%)

Unidades no 2T20

Participação de Mercado 2T20 (%)

Samsung

57,7

17,6

54,7

18,4

Xiaomi

51

15,5

28,2

9,5

Apple

49,2

15,0

38,3

12,9

OPPO

33,6

10,2

23,6

8,0

Vivo

32,2

9,8

22,7

7,7

Outros

104,9

31,9

129,1

43,5

Total

328,8

100

296,9

100

Devido a arredondamentos, alguns números podem não somar aos totais apresentados.

Fonte: Gartner (Setembro de 2021)

 

Como se vê na tabela acima, as vendas globais de smartphones para consumidores finais totalizaram 328,8 milhões de unidades no segundo trimestre de 2021, o que representa um aumento de 10,8% ao ano.

“Instruções para reforçar os estoques locais e os fechamentos de fábricas na Índia e no Vietnã, devido à nova onda de COVID-19, junto com o fechamento de negócios de varejo e restrições de entregas on-line afetaram negativamente as vendas de smartphones no segundo trimestre após um forte início no início de 2021”, diz Anshul Gupta, Diretor Sênior de Pesquisa do Gartner. “No entanto, as regiões com maior rede e conectividade 5G viram uma forte demanda por smartphones 5G e foram impulsionadores de crescimento para os principais fornecedores de smartphones.”

A Samsung expandiu suas linhas de smartphones 5G de entrada e de preços intermediários para atender novas oportunidades de crescimento no segmento de 5G no segundo trimestre de 2021. A empresa manteve a primeira posição entre os cinco maiores fornecedores globais de smartphones. Embora continue a ser líder de mercado, o crescimento anual da Samsung desacelerou devido a restrições de fornecimento e pelas interrupções que teve na produção.

Outros fornecedores de smartphones chineses, como Oppo e Vivo, cresceram 42,4% e 41,6%, respectivamente, no segundo trimestre de 2021. Smartphones intermediários com preços agressivos, uma rede de distribuição mais ampla e campanhas de marketing robustas na Europa Ocidental impulsionaram o crescimento da Oppo. A Vivo continua a expandir sua presença no mercado da Ásia-Pacífico, começando a ampliar suas ações com foco na Europa, Oriente Médio e África.

“A demanda por smartphones continuou forte neste trimestre, pois os compradores preferiram especificações mais altas e melhor experiência de usuário. A demanda reprimida de 2020 continua a gerar vantagem para os fornecedores mundiais de smartphones em 2021”, destaca o analista.

Anterior Softbank tem US$ 3 bi para investir em empresas de tecnologia na AL
Próximos Apple lança linha iPhone 13 e novos iPads