Xandr, plataforma de publicidade da AT&T, passa para as mãos da Microsoft


Xandr, plataforma de publicidade da AT&T, passa para as mãos da Microsoft. Crédito: Freepik
Crédito: Freepik

A AT&T concordou em vender sua divisão de publicidade e análise que opera plataforma online, Xandr, para a Microsoft. O acordo se baseia em um relacionamento de uma década entre a Xandr, incluindo suas empresas predecessoras, e a Microsoft para o fornecimento de soluções globais de mídia digital para anunciantes. As companhias não informaram o preço da transação, que ainda precisa passar por revisões regulatórias.

A expectativa é de que a Microsoft e a Xandr desenvolvam o marketplace de anúncios digitais em um futuro pós-cookie. A AT&T afirmou em nota que a tecnologia da Xandr complementa as ofertas de publicidade online da Microsoft em publicidade digital e soluções de mídia de varejo. A companhia de softwares contribuirá com inteligência de audiência, tecnologia e base global de clientes de publicidade, enquanto a Xandr traz a plataforma impulsionada pelos dados.

PUBLICIDADE

“Nós estamos ansiosos para utilizar nossa plataforma inovadora para acelerar os anúncios digitais e capacidades de mídias da Microsoft”, diz o vice-presidente executivo e gerente geral da Xandr, Mike Welch. Entre os produtos de publicidade digital da companhia de softwares está o Microsoft Advertising que se baseia em um sistema de pagamento-por-clique.

Ainda este ano, a Microsoft também adquiriu a tecnologia da plataforma da rede de nuvem da AT&T. Pelos próximos três anos, a empresa se dedicará a levar a rede de nuvem da AT&T para a Azure. O negócio também envolveu o acesso pela Microsoft da propriedade intelectual da operadora. Assim, a Microsoft poderá alavancar o seu produto carro-chefe para telecomunicações, Azure para Operadores. Já a AT&T poderá se concentrar na entrega de serviços de rede em escala.

A Microsoft iniciou seus projetos em telecomunicações em 2020 com a compra das Affirmed Networks e Metaswitch Networks. As empresas haviam auxiliado a AT&T na virtualização de sua rede principal. (Com assessoria de imprensa)

 

PUBLICIDADE
Anterior Fundação Telefônica Vivo leva a Ciência de Dados a escolas públicas
Próximos Anatel prorroga anuência prévia da cisão parcial da Claro