WDC reduz lucro líquido, mas vendas aumentam no 3º trimestre


A WDC Networks fechou o terceiro trimestre com lucro líquido de R$15,9 milhões, valor 37,2% menor que o obtido em igual período do ano passado. De acordo com a companhia, esse resultado é decorrente dos impactos negativos advindos da mudança do mix de vendas (menor participação do Telecom e maior do Solar), e do Resultado Financeiro Líquido, principalmente em função da variação cambial operacional.

No acumulado do ano 2021, entretanto, o lucro líquido ajustado atingiu R$52,4 milhões, crescimento de 7,5% frente ao mesmo período do ano anterior, principalmente em função de maiores volumes no período e melhor margem de venda de produtos e serviços.

O Ebitda ajustado consolidado da WDC foi de R$75,5 milhões, crescimento de 27,3% ante os números do 3T20 e 10,2% em relação ao 2T21, em função de maiores volumes e melhor margem em ambos os segmentos operacionais. No acumulado do ano, o Ebitda ajustado consolidado ficou em R$203,2 milhões, crescimento de 27,5% na comparação com o mesmo período de 2020.

Os principais itens não recorrentes que impactaram o Ebitda ajustado, segundo a companhia foram as despesas de IPO, com Remuneração Variável Baseado em Ações e a exclusão do crédito de ICMS na base PIS/Cofins. Despesas não recorrentes pré-operacionais oriundas da abertura Casa Conectada em 2020 também impactaram no Ebitda, disse a empresa no seu comunicado ao mercado.

Vendas

No terceiro trimestre deste ano, a WDC obteve um recorde em Vendas Totais (contratos fechados) atingindo R$391,8 milhões, crescimento de 35,7% na comparação a 3T20, e 0,3% ante o 2T21. Segundo a companhia, no acumulado do ano também atingiu o recorde de vendas totais com R$1,1 bilhão, crescimento de 56,6%. A performance positiva é atribuída principalmente ao segmento corporativo em função do crescimento da unidade Solar.

No segmento Telecom a empresa atingiu um total de R$195,8 milhões em Vendas Totais no 3T21, Crescimento de 6,0% ante o resultado do 3T20 e desaceleração de -9,8% frente a 2T21. “Adicionalmente às maiores dificuldades no fornecimento de algumas matérias primas, que levou à uma redução nos estoques, a performance nesse trimestre foi impactada por uma desaceleração da demanda observada no final do trimestre”, justificou a companhia.

No Segmento Corporativo, composto pela unidade de Enterprise e a unidade Solar, o total atingido foi de R$196 milhões, crescimento de 88,5% frente a 3T20 e 12,9% ante 2T21.

Em relação ao Valor dos Novos Contratos de TaaS (Tecnology as a service, na sigla em inglês), a companhia registrou um novo aumento para R$305 mil por contrato. A quantidade de novos contratos TaaS sofreu uma redução para 409 em função da desaceleração no segmento Telecom.

ISPs

Visando se antecipar a eventuais problemas de fornecimento de insumos ao longo de 2021, a WDC Networks criou no início do ano uma nova linha de produtos de Telecom, que nesse trimestre entrou em operação. A Easy4Link é uma marca própria da WDC, composta por modems de FTTH, cabos de fibra ótica e demais acessórios.

“Isso nos garante fornecimento adicional de produtos em caso de atrasos de outros fabricantes, bem como melhores margens”, sustenta a empresa. Essa linha de produtos visa atingir um segmento mais competitivo de preços, o que deverá aumentar a penetração da WDC em ISPs menores, que buscam produtos mais competitivos em preços, e assim melhorar ainda mais a diversificação da sua receita.

“Com essa nova marca, passaremos a atender ISPs pequenos, os quais estimamos um potencial de aproximadamente 5.000 ISPs que hoje não são atendidos pela WDC e que poderão ter acesso aos produtos da Easy4Link”, afirmou a direção da companhia.

PUBLICIDADE
Anterior Lucro líquido da Desktop recua 1% no 3º trimestre
Próximos SG do Cade recomenda compra da MVNO do Grupo Safra pela Claro