Wayra abre inscrições para start ups


abstrata 31A aceleradora Wayra, do Telefónica Open Future, programa de inovação aberta e apoio ao empreendedorismo do Grupo Telefónica, abre hoje (26) inscrições para startups inovadoras de base tecnológica. O processo seletivo é global e oferece 24 vagas. No Brasil, são 5 vagas; Venezuela (5 ), Inglaterra (10), México (1) e Chile (3 vagas).

Empreendedores com soluções escaláveis de tecnologia em desenvolvimento têm até o dia 23 de outubro para efetuar a inscrição e participar da seleção por meio do wayra.openfuture.org/ A Wayra procura por empresas que atuem nos segmentos de Internet das Coisas, soluções digitais em Telecom, Fintech, Agtech, SaaS (Software as a Service), Big Data, Machine Learning, Inteligência Artificial, E2E (end to end), Edutech, Segurança, Media, Comunicação e Games.

O programa de aceleração, que tem duração de 12 meses, prevê investimento financeiro no valor de U$ 50 mil nas empresas além de US$ 50 mil em serviços, que incluem infraestrutura completa, benefícios de parceiros, mentorias, treinamento e acesso a investidores. Como contrapartida, a Wayra detém participação acionária minoritária de 7% a 10% nas companhias aceleradas.

PUBLICIDADE

Um comitê formado por especialistas do mercado e membros do Open Future escolherá as startups, que iniciarão o programa de aceleração no começo de 2017. Além de analisar o grau de desenvolvimento do produto ou serviço,  sua validação no mercado e o seu modelo de negócio, o comitê avaliará principalmente os sócios, se a empresa tem um produto rodando ou em teste, clientes que contrataram o serviço e a equipe responsável pelo projeto.

A Wayra é a primeira aceleradora corporativa do país e, em quatro anos de atuação, acelerou 58 startups. Com um modelo de aceleração consolidado, a academia já investiu mais de R$ 8,5 milhões nesse período, obtendo grande respaldo do mercado de investimento de risco. A cada R$ 1 investido pela Wayra, investidores colocaram outros R$ 6,5 nas startups que apoia.

“O programa de aceleração da Wayra tem a vantagem de facilitar o acesso das startups a um ecossistema mundial de inovação, a investidores e à própria Vivo, que busca no Open Future soluções para melhorar seus processos e oferecer produtos e serviços disruptivos a seus clientes”, ressalta Renato Valente, country manager  da Telefónica Open Future & Diretor da Wayra Brasil. (Assessoria de Imprensa)

Anterior Administradores judiciais da Oi alertaram para a deterioração do endividamento da empresa, em relatório de agosto.
Próximos STJ determina bloqueio prévio de disque-sexo, tele-tarot ou qualquer serviço 0900