Watch Brasil acerta parceria com Directv Go para oferta de conteúdo


Mauricio Almeida, cofundador e CEO da Watch Brasil - crédito: divulgação
Mauricio Almeida, cofundador e CEO da Watch Brasil – crédito: divulgação

Watch Brasil e Directv Go acertaram uma parceria para criação de  nova oferta de conteúdo com streaming e canais lineares. Com o acordo, a Watch oferecerá aos seus provedores parceiros a possibilidade de ter a soma dos conteúdos no plano de internet.

Dessa forma, provedores podem agregar um pacote de TV com 44 canais e mais diversos canais de áudio com o catálogo e serviço da Directv Go, que tem mais de 70 canais ao vivo (incluindo a Globo), além de filmes, séries e conteúdos exclusivos.

PUBLICIDADE

“Estamos diante de um momento histórico para a Watch Brasil. Desde que começamos a trabalhar, em 2018, temos investido fortemente na expansão do portfólio e na busca por empresas que tragam relevância para os serviços de nossos clientes e parceiros”, diz Mauricio Almeida, cofundador e CEO da Watch Brasil.

“A Directv Go representa um aporte importante de conteúdo e fortalece nossa missão de democratizar a entrega dos mais diversos conteudos”, completa o executivo.

Proximidade

“Enxergamos nesse acordo uma possibilidade de ampliar a capilaridade dos nossos serviços e levar o conteúdo da Directv Go para um número ainda maior de pessoas. Temos enorme proximidade com a Watch Brasil por buscarmos a praticidade e a melhor experiência para o nosso usuário”, fala Raphael Denadai, presidente da Directv Go.

Há planos mensais a partir de R$79,90 e uma série de conteúdos que podem ser adicionados à grade inicial (StarzPlay, Disney+ e Start+ HBO MAX e Conmebol TV, por exemplo), na Directv Go. A oferta inclui eventos como a Copa Conmebol Libertadores, a Liga dos Campeões da Uefa e o Campeonato Carioca de futebol.

“Construímos um plano agressivo de expansão e esse processo tem sido norteado pela experiência dos usuários. Buscamos parcerias que acrescentem ao nosso portfólio e que aportem qualidade, o que encontramos prontamente nesse acordo”, complementa Marcello Zeni, CGO (chief growth officer) da Watch Brasil.

O acordo dá continuidade a uma série de parcerias da Watch Brasil. Em 2020, a empresa fez um acordo com o UOL para criação de uma OTT.

PUBLICIDADE
Anterior Decreto não impede que Fust seja destinado ao Tesouro até 2023
Próximos Justiça suspende reconhecimento facial em metrô de SP