Vivo seleciona VMware para fornecer rede telco-cloud para aplicações 5G


Vivo seleciona VMware para fornecer rede telco-cloud para aplicações 5G
Crédito: Freepik

A Vivo anunciou hoje, 12, a contratação da VMware para colocar no ar seu projeto de “telco cloud”. O projeto prevê a integração, implantação e gerenciamento de funções virtuais de rede (VNFs), e funções nativas de nuvem (CNFs).

A Vivo Telco Cloud passou por dois anos de testes laboratoriais, reuniões e discussões técnicas para definir o melhor formato para modernizar aplicações e habilitar novas experiências de uso com a conectividade do 5G. Para isso, foi necessário o uso de infraestrutura definida por software, automatizada e virtualizada, com base nas tecnologias NFV e CNF, uma abordagem que habilita o uso de containers em redes de telecomunicações.

PUBLICIDADE

Como parceira de tecnologia da Vivo, a equipe da VMware se concentrou, nos últimos 24 meses, em demonstrar as capacidades técnicas da solução VMware Telco Cloud Platform utilizadas ao redor do mundo para otimizar arquiteturas 4G e 5G. Provadas em ambientes de produção ao longo do período, as tecnologias permitiram a aceleração da conectividade 5G, ao mesmo tempo em que servem como ponte para a otimização da rede 4G já existente.

“É essencial a virtualização da nossa rede para cumprir os desafios de implantação dos novos serviços propiciados pela tecnologia 5G. Trabalhamos em um processo de seleção detalhado e fechamos a parceria com a VMware para esse novo modelo de construção de redes”, declarou Elmo Matos, diretor de planejamento e tecnologia da Vivo.

“Como um dos parceiros estratégicos de tecnologia da Vivo, esperamos fazer uma parceria para a modernização das redes”, diz José Duarte, presidente da VMware no Brasil. “Além dos benefícios de infraestrutura e conectividade da Vivo, o projeto vai conferir maior flexibilidade aos times técnicos da companhia. Desenvolvemos em conjunto uma plataforma robusta e, como resultado, a Vivo se torna mais estruturada e especializada em sua operação com o 5G, o que garante maior eficiência aos profissionais técnicos no dia a dia.”

Para que o impacto fosse imperceptível na estabilidade das redes Vivo, a implantação do ambiente produtivo foi dividida por etapas. Primeiramente, foi feita a preparação de todo o local, com a instalação de equipamentos de rede, servidores, software e customizações. Atualmente em andamento, a etapa seguinte contempla a implementação das tecnologias de VNF e CNF.

Além disso, para que o projeto seja entregue por completo, a NTT, parceiro de telecomunicações da VMware, será responsável por realizar o Project Management Office (PMO), a integração entre os sistemas, o suporte em todas as camadas previstas e a definição das redes.

“Além de desenvolver o papel de integradora de sistemas, iremos auxiliar a Vivo a implementar os elementos necessários que fazem com que as pessoas consigam realizar uma chamada ou navegar pela internet utilizando a rede 5G. A VMware é uma fabricante de tecnologia respeitada em todo o mundo e é uma honra fazer parte de um projeto tão importante como esse, que irá reverberar em todo o país,” diz Augusto Panachão, vice-presidente de tecnologia da NTT.

“O Vivo Telco Cloud é um projeto de grande proporção e alta escalabilidade. Por essa razão, entendemos os desafios que a Vivo enfrentou para elaborar uma abordagem de desenvolvimento contínuo durante todos os anos de operação, em que as etapas iniciais são fundamentais e dão suporte aos planos de expansão das redes no futuro,” explica Guilherme Soares, diretor de vendas para contas estratégicas da VMware. (Com assessoria de imprensa)

PUBLICIDADE
Anterior Torreiras se preparam para instalar antenas 5G até em bancas de jornal
Próximos Qualcomm, Nokia e Juganu se juntam para padronizar IoT 5G no Brasil