Vivo reformula seu aplicativo de autoatendimento


Vivo reformula seu aplicativo, o app Vivo

A Vivo reformulou seu aplicativo de auto atendimento, que mudou de nome. Sai a marca Meu Vivo, e passa a se chamar apenas Vivo. O programa para celulares e tablets passa a ser o único de relacionamento digital para todos os clientes de serviços residenciais e de telefonia celular.

PUBLICIDADE

Os assinantes poderão gerenciar os diferentes planos que têm com a Vivo a partir de um único app. Basta clicar em “Meu Plano”, selecionar o plano contratado e ter acesso à informação sobre consumo de internet, fatura com visão detalhada e histórico dos meses anteriores e até fazer o pagamento da fatura com cartão de crédito de forma pontual ou automática, todos os meses.

O novo app é resultado da evolução do Meu Vivo, lançado em 2013 com foco em autoatendimento e que era oferecido em duas versões: Meu Vivo Fixo e Meu Vivo Móvel.

Para os clientes que já acessavam o Meu Vivo Móvel, a nova versão do app é disponibilizada automaticamente, sem necessidade de download ou atualização. Os usuários do Meu Vivo Fixo estão sendo convidados a migrar para o app Vivo (basta fazer o download do app Vivo nas lojas Android e iOS), pois a antiga versão do aplicativo será descontinuada nos próximos dois meses.

Agregador de funções

Segundo Carla Beltrão, diretora de Experiência Digital da Vivo, o app vai funcionar cada vez mais como uma central de acesso aos vários serviços oferecidos pela operadora, se tornando o principal ponto de contato com o assinante.

“Nele os usuários encontram tudo da Vivo: planos de celular, fibra e Vivo Play; nossas ofertas de smartphones ou outros produtos que vão desde geladeira a itens do universo pet no Vivo Shopping; assinam apps de streaming de vídeo e música, como Disney+, Amazon Prime, Spotify”, afirma.

Outros serviços da Vivo serão reunidos em breve ao app, entre os quais, o do programa de benefícios Vivo Valoriza.

PUBLICIDADE
Anterior Rede eduroam brasileira vai além das instituições de pesquisa
Próximos Verizon e Cisco conduzem teste de carro autônomo com 4G