Vivo inaugura usina solar em Roraima


Foto aérea da usina solar feita para a Vivo em Roraima, na região de Boa Vista
Foto aérea da usina solar feita para a Vivo em Roraima, na região de Boa Vista (Crédito: divulgação)

A Vivo inaugurou hoje, 19, em Boa Vista-RR, sua primeira usina de geração distribuída de energia, de fonte solar, no estado de Roraima. Esta é a segunda usina a serviço da operadora na região Norte e a 24ª em operação no Brasil.

Construída em parceria com a empresa VOLTXS ENERGIA, a unidade de Boa Vista ocupa uma área 2,5 hectares. A usina solar tem capacidade para produzir 2.278 MWh/ano de energia, o suficiente para atender todo o consumo em baixa tensão das 51 unidades consumidoras da Vivo em Roraima, como lojas, antenas e equipamentos de transmissão.

PUBLICIDADE

No modelo de geração distribuída, a energia produzida é injetada na rede da concessionária local, neste caso, a Roraima Energia, e se transforma em créditos de consumo para a empresa.

Por estarem próximas aos centros consumidores, as usinas em GD contribuem para minimizar perdas do sistema e aliviar a carga na rede de distribuição de energia. Na etapa de construção, a usina de Boa Vista gerou 45 empregos e na fase de operação, no final de abril, serão 10 empregos.

A iniciativa em Roraima integra a estratégia da empresa para ampliar a produção própria de energia de fontes renováveis. São 85 usinas no programa de geração distribuída da Vivo previstas para todo o Brasil. O projeto como um todo responderá por 89% do consumo em baixa tensão, atendendo mais de 30 mil unidades da empresa em todo o país e produzir cerca de 711 mil MWh/ano de energia, o suficiente para abastecer todo o consumo de uma cidade de até 320 mil habitantes.

A Vivo mantém consumo de energia 100% renovável desde novembro de 2018, quando passou de um consumo de 26% de fontes renováveis – obtidas tanto no mercado livre como em geração distribuída – para 100%, por meio da aquisição de certificados de energia, os I-RECs (International Renewable Energy Certificates) de fonte eólica para o restante do consumo de energia elétrica.

A VOLTXS, empresa pioneira no Brasil na modalidade de locação de usinas solares fotovoltaicas, amplifica seu portfólio em geração distribuída para 16,5 MWp alcançando também o Norte do Brasil. A usina construída em parceria com a Vivo, será a 3ª maior do estado de Roraima na modalidade de autoconsumo remoto, segundo os dados do Sistema de Registro de Geração Distribuída (SISGD), disponível no site da Aneel. (Com assessoria de imprensa)

PUBLICIDADE
Anterior Incentivo em redes privadas e neutras é uma das soluções para acelerar o 5G
Próximos Master expande para BH usando rede neutra da V.tal