Vivo entra na disputa dos marketplaces


Imagem do site da Loja Vivo, que vai intermediar a venda de produtos de todo tipo, mas com uma pegada tecnológica (reprodução)

A operadora Vivo lançou hoje, 23, seu próprio “marketplace”, uma loja virtual que faz a intermediação entre o consumidor final e lojas varejistas. Com muitos eletrônicos, a loja traz produtos de todo tipo, como máquinas de lavar e secar roupas, fritadeiras, lâmpadas, aspiradores de pós – além de celulares e acessórios de conectividade.

Segundo a empresa, o lançamento reforça a estratégia da empresa de trazer para seu portfólio marcas queridas pelos consumidores e está alinhado ao conceito “Tem Tudo na Vivo”, cuja ideia central é oferecer aos clientes a possiblidade de encontrar na Vivo tudo o que precisam em termos de conectividade. É mais um passo para a companhia se tornar um one stop shop de seus clientes.

A plataforma está dividida em quatro categorias: Casa Conectada – segmento que traz câmeras, sensores e lâmpadas inteligentes a refrigeradores e aspiradores de pó conectados; TV e Áudio, que tem as opções de fones de ouvido, gravadores, smart TV’s com resolução 8K; Smartphones, que além dos celulares reúne acessórios e smartwatches; e Informática, com webcams, notebooks, impressoras, tablets, teclados.

PUBLICIDADE

Além disso, há parceiros como Electrolux, Lojas Colombo, Samsung, Xiaomi, Webcontinental, Webfones entre outras. São, ao todo, 13 lojas parceiras neste começo.

De acordo com diretor de Canais Digitais da Vivo, Henrique Duda, a empresa vem amadurecendo a ideia há algum tempo e a iniciativa vai acompanhar a jornada digital dos clientes e ajudá-los em todas as suas necessidades digitais.

“Começamos com as lojas vendendo não apenas os nossos serviços, mas também celulares e acessórios. Depois veio o incentivo ao uso do e-commerce como opção focada em comodidade – e que segue crescendo. Agora é o momento de ampliarmos essa proposta com a parceria de outras diversas empresas, oferecendo os itens das marcas mais desejadas do mercado e que se conectam ao negócio e ao nosso propósito”, detalha o executivo.

A Loja Vivo absorverá cerca de 60 milhões de visitas mensais dos canais oficiais da companhia. A nova plataforma de compra poderá também ser acessada pelo portal da empresa e, a partir de agosto, pelo app de autoatendimento Meu Vivo. Vale destacar que alguns desses produtos, como smartphones e produtos para “Casa Conectada”, podem também ser adquiridos nas lojas da empresa.

Anterior MediaTek lança Dimensity 720, chipset 5G para smartphones intermediários
Próximos Laboratório da Nagra é aliado no combate à pirataria do vídeo