Vivo Empresas lança mais dois produtos de IoT para o agronegócio


Foto: Projetado pelo Freepik
Foto: Projetado pelo Freepik

A Vivo Empresas – segmento corporativo da Telefônica Brasil – lançou hoje, 20, duas soluções de internet das coisas para o agronegócio.

A Vivo Maquinário Inteligente faz a telemetria e gerencia veículos pesados como tratores, colheitadeiras e colhedoras. Um equipamento é colocado dentro da cabine e coleta dados referentes a 150 parâmetros presentes nas máquinas, que correspondem a 77% dos custos operacionais de maquinário pesado. O novo serviço impacta direto na redução do consumo de combustível e a na manutenção preventiva, por exemplo, segundo a empresa.

A solução é agnóstica a fabricantes, elevando sua usabilidade em diferentes marcas, e conta ainda com hotspot WiFi que permite a conexão de outros dispositivos dentro da cabine do veículo. Todos os dados lidos são enviados para uma plataforma em nuvem, podendo também ser gerenciados localmente via aplicativo, em tempo real.

PUBLICIDADE

O outro produto, batizado Vivo Clima Inteligente, prevê a conectividade de estações meteorológicas para apoiar o agricultor na tomada de decisão sobre o melhor momento para as atividades de manejo, plantio e colheita na fazenda.

O serviço coleta, armazena, processa e transmite dados de todos os sensores conectados às estações, podendo medir: chuva, velocidade e direção do vento, radiação solar, temperatura, umidade relativa do ar, umidade do solo, pressão atmosférica, nível e vazão de rios e lagos, além de qualidade do ar e da água.

Os agricultores terão acesso às informações em tempo real, de qualquer lugar. Além de uma estação meteorológica, a solução funciona como um hub de automação, podendo ser integrada com pivôs de irrigação, proporcionando economia no consumo de energia e de recursos hídricos, conforme a Vivo.

Os lançamentos foram desenvolvidos em conjunto com startups selecionadas em 2018, por meio da Wayra – hub de inovação aberta da empresa -, para compor o Agro IoT Lab, iniciativa entre Vivo, Raízen, Esalq-USP e Ericsson que escolheram seis projetos para serem trabalhados e auxiliar as empresas na construção de um ambiente mais digital para o agronegócio brasileiro.

Entre as startups envolvidas no lançamento estão a paranaense IoTag – para maquinário pesado – e a mineira Ativa Soluções – para solução climática. Antes de entrar no portfólio da empresa, o Vivo Clima Inteligente fez parte do piloto “Fazenda Conectada”, em uma área de 100 mil m² (10 ha), em parceria da Vivo com a Esalq-USP e Ericsson, em Piracicaba, interior do Estado de São Paulo. (Com assessoria de imprensa)

Anterior Vereador desiste de projeto para anular decreto das small cells de São Paulo
Próximos Espectro de 700 MHz poderá ser "neutro" no leilão da 5G