Vivo diz que adicionou R$ 66,6 bilhões ao PIB brasileiro em 2021


Crédito: divulgação. PcDs
Crédito: divulgação

A Vivo publicou documento no qual faz um levantamento do impacto econômico e social da companhia no Brasil em 2021, seguindo diretrizes ESG, e que estima em R$ 66,6 bilhões o valor adicionado pela empresa ao PIB do país ano passado.

O documento relaciona as informações mais relevantes da organização aos resultados, atividades operacionais e estratégias de negócio.

PUBLICIDADE

Também divulgou o Informe Social, da Fundação Telefônica Vivo (FTV), que detalha as iniciativas voltadas à digitalização da escola pública. Estas beneficiaram 2,7 milhões de pessoas em 2021, conforme estimativas próprias.

Impacto socioeconômico

Segundo os documentos, a Vivo investiu R$ 8,7 bilhões no último ano em infraestrutura. A companhia terminou 2021 com quase 100 milhões de acessos (telefonia móvel, fixa e banda larga). Com os clientes vindos da Oi, no serviço móvel, chega agora a 112 milhões.

Segundo estimativa e metodologia global “Total Impact During”, em 2021, a contribuição da Vivo para o PIB brasileiro em 2021 chegou a 12,6 bilhões de euros, equivalente em reais, pela cotação atual, a R$ 66,66 bilhões.

Para chegar a este número, a metodologia considera os impactos diretos e indiretos de suas atividades, além do induzido, decorrente do incremento de consumo devido à renda dos empregos gerados.

Ao mesmo tempo, aproximadamente R$ 48,76 bilhões, ou 82,2% das receitas geradas, de um total de R$59 bilhões, foram distribuídas para seus diversos stakeholders (colaboradores, fornecedores, acionistas e governo/sociedade).

Com foco no desenvolvimento e capacitação dos colaboradores, a Vivo investiu, em 2021, R$ 40,5 milhões, com mais de 3,4 milhões de horas de treinamento, em programas pensados para o potencializar e valorizar seus talentos internos.

Dimensão Ambiental

A Vivo consome de energia 100% renovável desde 2018 e vem ampliando, gradativamente, a produção da própria energia por meio do modelo de geração distribuída, utilizando fontes renováveis de origem solar (61%), hídrica (27%) e de biogás (12%).

Já são 28 usinas em funcionamento, com plano de chegar a 85 ainda em 2022. Com a expansão do projeto, até o momento, foram gerados aproximadamente mil empregos na fase de construção e mais de 200 na operacionalização destas usinas.

E empresa também intensificou suas ações internas e com seus demais stakeholders, como fornecedores e clientes, para reduzir emissões de gases de efeito estufa (GEE). Como resultado, a companhia reduziu em 19% em suas emissões diretas de CO2, de 81,2 mil toneladas de CO2, em 2020, para 63.019 mil toneladas em 2021, mesmo com a expansão de rede e aumento no número de clientes.

Os números referem-se às emissões de Escopo 1, uma vez que as do Escopo 2 são iguais a zero, em função do uso de energia renovável.

Já os serviços de conexão, nuvem e Internet das Coisas (IoT) oferecidos pela Vivo ajudaram seus clientes evitar a geração de mais de 1,1 milhão de toneladas de CO2, com base na redução de deslocamentos e consumo de energia.

A Vivo também avançou com seu Programa Carbono na Cadeia de Fornecedores, por meio do qual houve redução de 3% em emissões com relação ao ano anterior.

Fundação Telefônica Vivo

A Fundação Telefônica Vivo investiu em 2021 R$ 64,2 milhões. O dinheiro foi utilizado em iniciativas que beneficiaram 2,7 milhões de pessoas.

Em um cenário incerto devido à pandemia, os esforços estiveram voltados para apoiar o desenvolvimento de competências digitais de educadores e estudantes, por meio de formação continuada e estímulo de práticas pedagógicas inovadoras.

Com foco na escola pública, a Fundação lançou o primeiro itinerário de formação técnica e profissional em Ciência de Dados, atendendo os requisitos do novo Ensino Médio, em parceria com o Centro de Inovação para Educação Brasileira (CIEB).

Outro pilar do trabalho da Fundação é o estímulo à solidariedade por meio do programa de Voluntariado Corporativo da Vivo. Todos os anos, ocorre o Dia dos Voluntários. Em 2021 a iniciativa aconteceu no formato híbrido e contou com 19 mil voluntários e 215 mil beneficiados.

PUBLICIDADE
Anterior Ascenty abre novo ponto de interligação de redes no interior de São Paulo
Próximos Parceria entre governo e Starlink segue sem detalhes de implementação