Vítor Menezes assume Diretoria da Copel Telecom


Vítor Menezes assume Diretoria da Copel Telecom

Vítor Menezes assume Diretoria de Relações Institucionais da Copel Telecom (Sercomtel, Horizons e Nova Fibra). O ex-secretário do ministério das comunicações (MCom) terá como missão construir relações sólidas, estabelecendo parcerias que possam impulsionar a transformação digital do nosso setor. A notícia foi divulgada nesta sexta-feira, 18, por meio de comunicado à imprensa.

PUBLICIDADE

“Me junto a uma equipe de excelência, liderada pelo CEO Wendell Alexandre Paes de Andrade de Oliveira e por Nelson Tanure, que comanda um grupo de empresas que tem feito a diferença em nosso país”, disse Menezes, na nota à imprensa.

Além de ser o segundo do MCom, Menezes esteve no comando da secretaria de telecomunicações do antigo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Mctic). Bacharel em Direito e pós-graduado em Regulação de Telecomunicações, Menezes é servidor de carreira da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e ocupava a presidência do Conselho de Administração da Telebras desde 20 de fevereiro de 2020.

Na agência, foi superintendente de outorga e recursos à prestação. Em agosto de 2021, Vitor Menezes saiu do Ministério das Comunicações.

No Ministério das Comunicações, Vitor Menezes foi substituído pela jornalista Estella Dantas, ex-chefe de gabinete do ministro Fábio Faria.

Leilão do 5G

A Copel Telecom vai marcar presença no mercado brasileiro com o Leilão do 5G, realizado em 4 de dezembro do ano passado pela Anatel.  A empresa arrematou as licenças para oferecer serviços de telefonia nos estados do PR, SP, PA, MA, RR, RO, AC e AM.

Mudança de nome

A empresa está prestes a mudar de nome. No início da semana, a Copel Telecom anunciou dois nomes, previamente escolhidos: Ligga e Flui. Eles serão submetidos ao voto popular para a escolha do novo nome da operadora.  O término da votação está marcado para o dia 25 de março. O anúncio da nova marca será durante o evento Smart City Expo Curitiba.

PUBLICIDADE
Anterior NEC cresce em 2021, mas escassez de chips ainda preocupa
Próximos ANPD vai selecionar especialista para editar normas do encarregado