PORTAL DE TELECOM, INTERNET E TIC

Mercado DMI

Visa apresenta tendências de meios de pagamentos para 2023

Visa tendências meios pagamentos
Imagem, Feliz, Surpreso, Débito, Credito, Cartão, Sites, Internet, Compras, Celular, Divulgação, Lojas, Varejo, Promoções, Descontos, Preços, Baixos, Ofertas, Black Friday | Crédito: Freepik
A Visa divulgou recentemente as tendências que permearão o mercado brasileiro de meios de pagamentos em 2023, segundo a empresa. A previsão é de que métodos de pagamento digital sejam mais adotados, exigindo soluções que tornem a experiência de compra ágil, segura e simplificada para o consumidor. Tendências como a evolução do débito, a evolução da experiência e a segurança nas transações devem nortear os investimentos da indústria em 2023.

Evolução do Débito

Acompanhando o crescimento exponencial da adoção de meios de pagamento digital, a utilização do débito por meio do Click to Pay deve se popularizar. Essa solução funciona como um botão de checkout onde os dados do cartão do consumidor estão criptografados, evitando golpes e permitindo compras sem fricção.

Outra tendência para a evolução do débito é o chamado Débito Sem Senha. Nessa modalidade, não será necessário pedir a senha para operações feitas no débito até determinado valor no ambiente online.

Evolução da Experiência e Segurança nas Transações

Aumentar a bancarização também é um compromisso da Visa, trazendo tendências e aceitação aos meios de pagamentos . Com isso, as principais iniciativas nesse sentido são:Tokenização; Mobilidade urbana; Tap To Phone

Para pagamentos digitais, a tendência é o aumento da utilização de tokens para garantir transações cada vez mais seguras, buscando a diminuição da circulação de dados dos cartões no e-commerce. Em 2022, no Brasil, a Visa identificou que o número de transações tokenizadas duplicou em relação ao período homólogo, representando mais de 20% de todas as transações com credenciais Visa no mundo online. Já a quantidade de fraudes em transações tokenizadas no e-commerce é extremamente baixa, chegando a ser 4x menor que as demais operações realizadas em compras virtuais.

Além disso, é necessário que toda a experiência transacional tenha um alto padrão de segurança, seja nos meios presenciais ou virtuais de pagamento. Em situações presenciais, a Visa observa uma maior aceitação de pagamentos por aproximação, como o uso da tecnologia em transportes urbanos. Hoje, a empresa possui mais de 600 projetos de transporte público mundialmente, e tem mais de 900 em processo de desenvolvimento. No Brasil os pagamentos por aproximação já são aceitos no MetrôRio, Barcas Rio de Janeiro, SPTrans e praças de pedágio da Ecopistas e Ecovias.

Por fim, a ferramenta Tap to Phone da Visa permite que smartphones e tablets Android habilitados com a tecnologia NFC tornem-se terminais de pagamentos por aproximação cresce exponencialmente. Desde janeiro de 2022, a adoção da tecnologia teve um crescimento médio mensal em torno de 46% no número de estabelecimentos credenciados. Apresentando grande aceitação entre vendedores e consumidores e em constante expansão, o Tap to Phone já conta com 7 parceiros no país, como Stone, Sicredi, Cloudwalk e Mercado Pago.

3 – Novos Fluxos

A companhia também tem buscado novas formas de aumentar sua presença no mercado brasileiro, visando capturar novas fontes de receita por meio de fluxos de cartões presentes e não presentes. Algumas das ações nesse frente são o Soluções Agro e a Movimentações instantâneas de dinheiro.

A startup Agrotoken, empresa no mundo na tokenização de commodities agrícolas como milho, soja e trigo, lançou em janeiro de 2023 o cartão Agrotoken Visa no Brasil. Dessa forma, realizar transações com cartão de crédito lastreado em commodities agrícolas já é uma realidade no país. A solução permite que produtores rurais tokenizem commodities e efetuem compras de forma simples.

Além disso, operação de envio e recebimento de dinheiro além das fronteiras brasileiras deve ganhar mais destaque em 2023. Assim, a ferramenta, Visa Direct, deve ganhar espaço no país, principalmente em dispersão de fundos como antecipação de salário e empréstimos.

TEMAS RELACIONADOS

ARTIGOS SUGERIDOS



 

Capacity LATAM 2024 vai debater conectividade e inovação na América Latina
Evento acontece nos dias 12 e 13 de março, com presenças de BNDES, META, AWS, Algar, Telxius , Mega Telecom, Elea Digital, Ufinet e mais.

 

Demanda por DWDM cresce e Multi PRO | ZTE amplia portfólio.
Além do DCI ZXONE – 7000 C2D produto lançado recentemente, a marca trará atualizações para equipamentos que já estão no mercado