Vendas no setor de informática e comunicação sobem 7,1% em fevereiro, diz IBGE.


O volume de vendas do segmento de equipamentos e materiais para escritório, informática e comunicação obteve acréscimo, em fevereiro, da ordem de 7,1% sobre igual mês do ano passado, revertendo o resultado negativo de janeiro, de -3,8%. Em termos acumulados, o crescimento foi de 1,6% no ano e de 6,1% nos últimos 12 meses, superando neste último resultado a média geral do varejo (5%), mesmo com o aumento de preços do principal produto que compõe a atividade, que é o computador. O preço desse equipamento subiu 4,9% até fevereiro de 2014, contra uma deflação de -1,1% até fevereiro de 2013, segundo o IPCA.

Equipamentos e materiais para escritório, informática e comunicação são o sétimo maior impacto sobre a taxa global do varejo, que avançou 0,2% em fevereiro, de acordo com a Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), divulgada nesta terça-feira (15) pelo IBGE. Apenas o segmento de livros, jornais, revistas e papelaria das 10 atividades pesquisadas obteve resultado negativo no volume de vendas, com variação de -4,2%.

Segundo o instituto, o volume de vendas cresceu pelo segundo mês consecutivo, e a receita nominal segue evoluindo positivamente desde junho de 2012. Quanto à média móvel, para o volume de vendas a variação foi de 0,1%, enquanto a receita cresceu 0,6%. Já nas séries sem ajuste, o volume de vendas do varejo cresceu 8,5% sobre fevereiro de 2013, acumulando 7,4% no bimestre e 5,0% nos últimos 12 meses. Para os mesmos indicadores, a receita nominal de vendas apresentou taxas de 13,9%, 13,3% e 12,3%, respectivamente.

PUBLICIDADE
Anterior CPqD ganha patente internacional por sistema antifraude
Próximos Minicom estuda colocar redes metropolitanas no PAC 3