Veículos autônomos ajudam a transportar testes para Covid-19


Em um momento em que os recursos e funcionários de assistência médica estão no limite nos Estados Unidos, a Jacksonville Transportation Authority fez uma parceria com a Beep e a NAVYA com a finalidade de usar veículos autônomos para transportar com segurança testes para Covid-19 coletados em locais de teste drive-thru na Mayo Clinic, na Flórida.

Na segunda-feira da semana anterior,  30, quatro veículos autônomos começaram a operar em uma rota inicial, em modo autônomo completo sem assistentes ou outras pessoas a bordo, para transportar testes de um local de teste drive-thru para um laboratório de processamento no campus da Mayo Clinic. As amostras são colocadas em contêineres protegidos antes dos profissionais de saúde da Mayo Clinic carregarem as amostras no veículo.

“Usar inteligência artificial nos permite proteger funcionários contra exposição a esse vírus contagioso ao usar tecnologia de ponta de veículos autônomos e libera o tempo dos funcionários que pode ser dedicado ao tratamento e cuidado direto dos pacientes”, diz Kent Thielen, M.D., CEO da Mayo Clinic na Flórida.

PUBLICIDADE

As empresas fizeram parceria para criar, testar e implementar as rotas para os veículos autônomos da Mayo Clinic, na Flórida, para abordar os desenvolvimentos da pandemia da COVID-19. As rotas são isoladas de pedestres, tráfego e funcionários.

Beep, uma fornecedora de serviço de frota de veículos autônomos, transportou os veículos pela Eagle Express, Inc., de Lake Nona, Flórida, um núcleo de inovação, a  241 quilômetros de distância. da sede da empresa em Orlando, Flórida. Um veículo adicional está sendo usado do programa Ultimate Urban Circulator da Jacksonville Transportation Authority, que  tem testado ativamente a tecnologia de veículo autônomo desde 2017 para preparar-se para uma conversão e expansão de seu transporte hectométrico .

Confira um vídeo sobre os veículos autônomos:

Anterior TIM completa cobertura 4G no Paraná e em Santa Catarina
Próximos Senacon investiga o app Zoom por falhas na segurança