Valente defende racionalidade no mercado de telecom


O presidente da Telefônica Vivo, Antonio Carlos Valente, disse hoje que mesmo que o mercado de telecom não passe por um processo de consolidação — processo já considerado pelo ministro das Comunicações, Paulo Bernardo — é preciso encontrar a racionalidade. Sem citar nomes de concorrentes, ele comentou que há ofertas de planos que retiram valor …

O presidente da Telefônica Vivo, Antonio Carlos Valente, disse hoje que mesmo que o mercado de telecom não passe por um processo de consolidação — processo já considerado pelo ministro das Comunicações, Paulo Bernardo — é preciso encontrar a racionalidade. Sem citar nomes de concorrentes, ele comentou que há ofertas de planos que retiram valor da performance das empresas sem necessariamente dar a contrapartida em benefícios efetivos para o consumidor. No caso da operadora, ele disse que o foco é a consolidação do processo de compra da GVT. “A complementaridade de cobertura das duas empresas é muito grande”, afirmou.

Valente comentou que o número de competidores no mercado de telecom não é o único ponto que pesa para que seja atingida a “racionalidade” nessa área. Mas admite que há uma crescente demanda por investimentos, um movimento global, que termina por pressionar as empresas de menor porte. E essa pressão, na sua avaliação, só vai crescer nos próximos anos.

O presidente da Telefônica Vivo disse também que não foi procurado pela BTG Pactual — banco contratado pela Oi para preparar uma oferta pela TIM Participações — para uma possível oferta conjunta. “Nosso foco é a GVT”, repetiu o executivo. Ele espera que o processo de compra da empresa seja finalizado até meados de 2015 e disse que a empresa vai entregar toda a documentação para os órgãos reguladores que devem aprovar a aquisição. Segundo Bernardo, isso deverá incluir o CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica).

PUBLICIDADE
Anterior Para a Qualcomm, carros, IoT e vestíveis garantem crescimento do mercado mobile
Próximos Amdocs lança orquestrador de NFV