Use Telecom moderniza sua rede entre Bahia e Sergipe


A Use Telecom atualizou tecnicamente a sua rede que liga Bahia e Sergipe para que possa se tornar também uma rede neutra, informou o CEO da operadora regional, André Costa.

Costa ressaltou a qualidade técnica e capilaridade que a empresa conta hoje. “A Use possui mais 2,8 mil km de fibra óptica e está presente em 48 cidades da Bahia e Sergipe, inclusive nas duas capitais, Salvador e Aracaju, e nas principais regiões dos estados atendidos”, afirmou.

PUBLICIDADE

Segundo o empresário, o projeto conta com a parceria da Nokia no fornecimento de equipamentos. A operadora investiu R$ 10 milhões na capacitação da rede, que agora usa a tecnologia GPon de ponta a ponta. Com isso, cada ponto de presença passou a ter capacidade de atender até 30 mil usuários, ao invés de 300, como era antes.

Já há interessados na rede neutra da Use, até um grande provedor que quer ampliar sua atuação para todo o Nordeste. Costa afirma que esse modelo de negócio é interessante para as duas partes. O provedor, que não precisará investir em rede e se focar na venda e no serviço que vai ofertar ao assinante.

Além da fibra, a rede da operadora prevê uso de poste, outro ponto sensível na instalação de infraestrutura. Os ISPs também deixam de manter equipes de técnicos.

“A manutenção da rede fica com a gente, que ganha em tirar mais recurso da mesma infraestrutura, maximizando os resultados”, disse o CEO da Use. Ele lembra que, para os ISP que usam o regime de lucro real, a contratação da rede neutra pode ser abatida do Imposto de Renda, como locação de infraestrutura.

Para 2021, a meta da Use Telecom é investir R$ 30 milhões para expandir a rede por mais 100 municípios dos dois estados. “Nesse tempo de pandemia, as empresas precisam se reinventar”, afirma Costa.

Anterior Sistema de compras centralizadas no governo federal bate recorde em 2020
Próximos Borsetta e Avast se juntam a Intel em instituto de pesquisa e ética em IA