Unifique ultrapassa Oi e Vivo em número de assinante em Santa Catarina


Foto: Daniel Zimmerman

Entre outubro de 2019 e outubro deste ano, o número de assinantes da operadora catarinense de banda larga fixa Unifique cresceu 138,2%, chegando a 260.7 mil domicílios no estado, superando a Oi e a Vivo, conforme números divulgados pela Anatel. Entre as grandes, o provedor só perde para a Claro, que conta em Santa Catarina com 462,3 mil contratos.

O avanço da Unifique em um ano é resultado de investimentos pesados, que esse ano alcançou R$ 150 milhões. A expectativa, de acordo com o diretor de Mercado da operadora, Jair Francisco, é chegar a 280 mil contratos ainda este ano, só com crescimento orgânico. Para 2021, já há a adição de mais 20 mil assinantes, provenientes da compra de pequenos ISPs nas áreas onde a empresa já atua.

PUBLICIDADE

Atualmente, a Unifique está presente em 126 cidades, mas há previsão de expansão em 2021. Neste ano, a operadora levou rede FTTH próxima a 200 mil domicílios, elevando a capacidade de home passed para 600 mil lares. Segundo Francisco, a compra de operações já estabelecidas custa dez vezes mais do que a implantação da rede, porém o investimento praticamente empata quando se considera os clientes já conquistados.

De acordo com o diretor, a operadora está preparada para aproveitar as mais variadas oportunidades de negócios em 2021, seja na aquisição de outros ISPs, expansão orgânica da rede ou até para receber aportes de fundos de investimentos, que estão de olho nesse mercado. “Estamos preparados para os diversos cenários possíveis no mercado. Temos implantada a governança corporativa, auditoria trimestral, conselhos e comitês de gestão. Isso não determina o futuro da empresa e sim, a coloca em melhores condições de competição e de gestão”, afirma Francisco.

A Unifique não descarta nem a participação no leilão do 5G, porém ainda aguarda uma definição melhor das condições de venda dos lotes. “Nós temos interesse e já estamos conversando com outras empresas do ramo para eventual formação de consórcio, mas nosso apetite não é igual a dos provedores regionais de grande porte”, ressaltou.

A Unifique não se destaca apenas pela sua capacidade de crescimento, mas também pela qualidade dos serviços que presta. A banda larga da empresa foi considerada a melhor do Brasil em 2019, com base em pesquisa de satisfação realizada pela Anatel.

Anterior STF invalida a Lei das Antenas de São Paulo
Próximos "OpenRAN não substitui a Huawei", alerta executivo da Claro