PORTAL DE TELECOM, INTERNET E TIC

Balanço

Unifique tem alta de 61,7% no lucro em 2022

Resultados de 2022 da Unifique apontam altas nas receitas, na quantidade de casas passadas e na de assinantes

Crédito: Daniel Zimmermann

A Unifique divulgou na noite de hoje, 22, os resultados de 2022. No ano passado, a operadora registrou lucro líquido de R$ 130,2 milhões, alta de 61,7% em relação a 2021. A receita operacional da empresa somou R$ 678,4 milhões, alta de 48,1%.

Também o lucro antes impostos, depreciações, juros e amortizações, subiu. Teve alta de 52,9%, chegando a R$ 344,8 milhões.

Os resultados vêm na esteira da onda de aquisições feitas pela companhia. Nos últimos dois anos, a Unifique comprou 15 provedores de internet. As compras mais recentes, em dezembro, foram das empresas AlfaNetwork e ViaWebRS, ambas no Rio Grande do Sul.

Em termos operacionais, a operadora ampliou em 65,3% a quantidade de homes passed (casas aptas a assinar seus serviços de fibra). No fim de 2021 eram 1,63 milhão de HPs, ao fim de 2022 eram 2,69 milhões. O número de portas, ou seja, casas que podem ser ativadas sem praticamente nenhum custo adicional para a operadora, cresceu 58,2%, para 1,8 milhão. E o número de assinantes chegou a 605,71 mil, alta de 26,8% na comparação anual.

A receita bruta da companhia somou R$ 879,4 milhões no ano passado, alta de 45,8%. A maior parte do faturamento veio da internet (R$ 712,3 milhões), que cresceu 46,3%. O restante veio de telefonia, TV paga, serviços digitais e serviços de datacenter.

Da receita bruta, a maior parte vem do varejo: R$ 701,1 milhões, alta de 49,7% ano a ano. No mercado corporativo, B2B, a receita foi de R$ 178,1 milhões, alta de 32,1%.

No período a empresa ampliou o quadro de funcionários, que passou de 1,57 mil para 2,25 mil. Isso somado a aumento de 7% por acordo coletivo, resultou em crescimento de 51,3% dos custos e despesas da operadora em 2022.

O grupo terminou o ano com endividamento de R$ 720,4 milhões e R$ 558,6 milhões em caixa. Os custos operacionais do quarto trimestre apenas foram de R$ 141 milhões. Este ano, a operadora tem R$ 216,3 milhões em dívidas a pagar.

TEMAS RELACIONADOS

ARTIGOS SUGERIDOS



 

Demanda por DWDM cresce e Multi PRO | ZTE amplia portfólio.
Além do DCI ZXONE – 7000 C2D produto lançado recentemente, a marca trará atualizações para equipamentos que já estão no mercado