Um Telecom está construindo seu ponto de troca de tráfego


A operadora Um Telecom está construindo seu próprio ponto de troca de tráfego em Pernambuco. A informação é do chief strategy officer da empresa, Joselito Bergamaschine. Ele participou ontem, 10, de painel no evento Inovatic, no qual anunciou a novidade.

PUBLICIDADE

Ele não detalhou a proposta. Afirmou apenas que a estrutura estará pronta “em breve”. “Estamos conversando com alguns OTTs lá de fora, não só de games. Trazer o conteúdo mais próximo do usuário é básico do básico, e os OTTs estão chegando”, disse. OTTs são empresas de conteúdo transmitido pela internet, como Netflix, por exemplo.

Segundo ele, com o crescimento do tráfego em Fortaleza, no Ceará, onde chegam nada menos que 16 cabos submarinos, faz sentido ter ainda outro ponto de troca de tráfego em Pernambuco, onde já há um PTT administrado pelo IX.br e três PIX, que são os pontos de troca de terceiros ligados ao IX.br.

“Hoje em Fortaleza, o edge da maioria deles [OTTs] já está disponível lá. E a gente tem conversado com alguns IX lá de fora, que estão com conteúdos hospedados na Ásia. Com isso se constrói o ecossistema”, ressaltou.

O executivo contou também que a empresa ampliou o número de provedores IP para atender o crescente mercado gamer. “Obrigatoriamente temos que ter games. Essa indústria cresce bastante, acentuadamente, e cada vez mais. Tivemos que melhorar o nosso IP. De três, passamos para quatro provedores de IP [para atender os jogadores]”, contou no painel, cujo tema eram formas de monetizar as redes dos ISPs.

Anterior 5g: roaming não poderá ser utilizado em área de concessão
Próximos Anatel já respondeu questionamentos do TCU