UIT arrecada US$ 18,55 bilhões em doações para expandir o acesso à internet


Divulgação
Divulgação

Um evento global de doações organizado pela União Internacional de Telecomunicações (UIT) em Ruanda terminou com o anúncio de mais de 360 ​​promessas de colaboração, o que representou uma arrecadação estimada de US$ 18,55 bilhões. O valor será revertido para a expansão do acesso à internet no mundo.

Do encontro, denominado Mesa Redonda de Desenvolvimento Digital Partner2Connect (P2C), participaram governos e empresas. A reunião colaborativa de doações, que começou na terça, 7, e terminou nesta quinta, 9, foi um dos destaques da Conferência Mundial de Desenvolvimento das Telecomunicações da UIT (WTDC), que alinha as estratégias globais de conectividade com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas.

PUBLICIDADE

Foi neste evento que, no início da semana, Carlos Slim sugeriu que as operadoras banquem os celulares dos usuários.

Foco nos desconectados

Segundo os organizadores, a busca por conectividade universal e significativa representada nas promessas P2C beneficiará diretamente bilhões de pessoas em todo o mundo, especialmente em países em desenvolvimento onde a conectividade está atrasada.

“A Mesa Redonda de Desenvolvimento Digital Partner2Connect será um ponto de inflexão. Vamos aumentar os investimentos no desenvolvimento de TIC para não deixar ninguém offline”, disse o secretário-geral da UIT, Houlin Zhao, no encerramento das sessões de compromisso.

Durante o evento, foi comentado que cerca de 2,9 bilhões de pessoas – ou mais de um terço da população mundial – ainda não se conectaram à internet.

Por conta disso, as promessas anunciadas na Mesa Redonda não foram apenas financeiras. Participantes também prometeram compromissos, políticas e planos jurídicos para superar a exclusão digital. Ainda vieram à tona ideias de parcerias e alianças que possam florescer a conectividade global.

“Após meses de trabalho coletivo desenvolvendo o Partner2Connect Action Framework e a plataforma de doação, juntamente com os Estados Membros da UIT, grupos da sociedade civil, organizações filantrópicas, organizações privadas e lideradas por jovens, estabelecemos um marco importante ao reunir sob um mesmo guarda-chuva uma série de compromissos para o avanço da conectividade universal”, disse Doreen Bogdan-Martin, Diretora do Departamento de Desenvolvimento de Telecomunicações da UIT.

PUBLICIDADE
Anterior Proposta de regulamento geral de serviços entra em consulta
Próximos Sem dados do CadÚnico, EAF não pode confirmar identidade de quem vai receber kits KU