UE obrigará a Apple a oferecer porta USB-C em todos os equipamentos


Para entrar em vigor, o Parlamento Europeu deve aprovar o Projeto de Lei no próximo mês. As isenções só se aplicam a dispositivos muito pequenos que não podem oferecer uma porta USB-C, como smartwatches, rastreadores de saúde e alguns equipamentos esportivos

UE obrigará a Apple a oferecer porta USB-C em todos os equipamentos. Crédito: divulgação
UE obrigará a Apple a oferecer porta USB-C em todos os equipamentos Crédito: divulgação

União Europeia (UE) prepara uma nova legislação que obrigará todos os novos dispositivos eletrônicos vendidos na Europa a ter uma porta USB-C. Essa decisão atingirá diretamente a Apple, pois a empresa usa amplamente o conector Lightning em vez do USB-C em muitos de seus dispositivos. Para entrar em vigor, o Parlamento Europeu deve aprovar o Projeto de Lei no próximo mês. A informação foi dada por meio de comunicado à imprensa.

Por 43 votos a favor e dois contra, os membros do Parlamento Europeu afirmam que a medida reduzirá o lixo eletrônico e tornará o uso de diferentes dispositivos mais conveniente. A proposta afetará smartphones, tablets, laptops, câmeras digitais, fones de ouvido, headsets, consoles de videogame portáteis e alto-falantes portáteis, independentemente do fabricante.

PUBLICIDADE

As isenções só não se aplicam a dispositivos muito pequenos que não podem oferecer uma porta USB-C, como smartwatches, rastreadores de saúde e alguns equipamentos esportivos.

Em 2018, a Comissão Europeia tentou chegar a uma resolução sobre o assunto, mas não obteve sucesso. Na época, a Apple alertou que forçar uma porta de carregamento comum na indústria sufocaria a inovação e criaria lixo eletrônico, pois os consumidores seriam forçados a mudar para novos cabos.

Informações claras

Os membros do parlamento também expressaram o desejo de ver informações claras e rotulagem em novos dispositivos sobre suas opções de carregamento bem como se um produto inclui ou não um carregador. A alegação é que isso evitará confusões e facilitará as decisões de compra para consumidores que possuem vários dispositivos e nem sempre precisam de carregadores adicionais. Desde o lançamento do Iphone 12, a Apple removeu o carregador de todos os modelos de smartphones.

Além disso, foi decidido que a Comissão Europeia apresente uma estratégia para garantir a interoperabilidade entre as soluções de carregamento sem fio até 2026. O objetivo é evitar a fragmentação e reduzir o desperdício para garantir a conveniência do usuário e evitar que os consumidores fiquem presos a soluções de carregamento proprietárias.

 

PUBLICIDADE
Anterior Após oferta de Musk, Twitter protege acionistas com 'pílula de veneno'
Próximos T-Mobile tem mais de 1 milhão de clientes com 5G FWA