Uber lança viagens de moto em São Bernardo, São Caetano e Diadema


Crédito: Divulgação. Uber
Crédito: Divulgação

A Uber habilitou hoje, 22, viagens com o a plataforma Uber Moto em São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul e Diadema. Agora, os usuários do aplicativo poderão se deslocar de motocicleta por um preço menor do que o do UberX.

A partir de hoje, a OTT irá lançar a plataforma em outras 14 cidades brasileiras. A modalidade desembarcou no país em novembro de 2020 em Aracaju e, desde então, chegou a mais 22 municípios brasileiros.

PUBLICIDADE

A diretora de Marketing da Uber, Luciana Ceccato, diz que o aplicativo é muito utilizado para fazer percursos rápidos até modais de transporte, como metrô e estações de trem. “Temos visto que esse é um tipo de uso perfeito para a moto, pois muitas vezes é perto demais para uma viagem de carro e fica cansativo para ir caminhando”, completou.

Para se cadastrar na nova modalidade, o motociclista precisa ter CNH com a observação de atividade remunerada (EAR). Entregadores de motocicleta cadastrados no Uber Eats podem optar por também fazer viagens de Uber Moto.

Segurança no Google Motos

A plataforma contará com os mesmos recursos de segurança oferecidos nas viagens de carro. Isso inclui a checagem de antecedentes dos parceiros. O usuário também tem a possibilidade de compartilhar com seus contatos a placa, a identificação do condutor e sua localização no mapa.

Condutores do Uber Moto receberão conteúdo educacional sobre segurança viária, visando estimular a direção segura e o respeito às leis de trânsito. Também passarão por uma checagem de identidade via selfie, com uma foto adicional que verifica o uso de máscara.

A Uber também contratou o médico Alexandre Naime Barbosa para validar um protocolo de prevenção ao coronavírus específico para o Uber Moto. Barbosa é chefe do Departamento de Infectologia da Universidade Estadual Paulista (Unesp) e consultor para Covid-19 da Sociedade Brasileira de Infectologia e da Associação Médica Brasileira.

Entre as recomendações estão a limpeza de mãos e superfícies da moto com álcool em gel. Além disso, os passageiros devem levar seus próprios capacetes ou o equipamento deverá estar higienizados com produtos específicos e usados com toucas higiênicas. Os condutores poderão fornecer as vestimentas e receberem o reembolso pela Uber depois. (Com assessoria de imprensa)
PUBLICIDADE
Anterior Conheça os finalistas de soluções IoT do Anuário Tele.Síntese 2021
Próximos Lei do ES que obriga registro de velocidade da internet na fatura é constitucional, diz STF