Twitter começa a implantar sistema “anti-bullying”


Twitter HQ_ Reception deskO Twitter revelou hoje, 07, que começou a realizar mudanças na plataforma para evitar que conteúdos de ódio se espalhem. Serão realizadas três alterações que, segundo a empresa, dará aos usuários mais controle sobre o que eles veem, impedirá a criação de contas abusivas e ocultará posts ofensivos. Também os resultados das buscas serão mais seguros.

No caso do impedimento de criação de contas abusivas, a rede social vai analisar os histórico do usuário para se certificar de que ele já não foi banido ou suspenso anteriormente por violar as regras do serviço. “Isso se concentra de maneira mais efetiva em algumas das formas mais prejudiciais de comportamento, particularmente o de contas criadas apenas para assediar os outros”, diz a empresa, em comunicado.

Quanto às restrições de conteúdo, o serviço afirma que não vai excluir nenhum post abusivo ou de baixa qualidade. Estas mensagens deixarão de ficar em evidência nas timelines, mas continuarão acessíveis a quem procurá-los. Na busca, tuítes que contenham conteúdo potencialmente sensível e ou sejam de contas bloqueadas e silenciadas deixam de ser exibidos.

PUBLICIDADE
Anterior Netflix terá nova produção brasileira
Próximos Anatel estuda mudar regra de MVNO e propor redução do Fistel para IoT