TV paga por satélite terá mesmo que carregar 16 canais obrigatórios


shutterstock_FotoYakov_Audiovisual_TV_paga_geral

Não adiantou o recurso da ABTA, entidade que representa os operadores de TV paga, nem mesmo o estudo feito pelo CPqD, que questionava os critérios adotados pela Anatel. As empresas de DTH ( TV via satélite) vão mesmo ter que carregar mais dois canais de TV em seu line up incorporando-os aos já existente 14 canais de transmissão obrigatória.

A decisão de obrigar as empresas a incluir mais dois canais – a TV Cultural e a rede RBI, do Paraná- foi tomada ainda pelo então superintendente, Alexandre Bicalho, no ano passado. No recurso contrário a essa decisão, a ABTA alegou que várias das emissoras que estão incluídas na relação da Anatel, como de distribuição obrigatória, não atendem aos ditames da Lei do SeAC (Serviço de Acesso Condicionado), que estabelece critérios demográficos e cobertura com presença em pelo menos um terço do território nacional, para que sejam incluídas entre as emissoras de carregamento obrigatório.

PUBLICIDADE

O CPqD chegou a fazer um estudo para confirmar a tese das empresas, mas o estudo adotou premissas distantes da realidade brasileira, na avaliação da Anatel. Segundo o conselheiro Leonardo de Morais, relator do recurso, para questionar o alcance demográfico de algumas emissoras, o instituto teria considerado que a população brasileira se distribui de forma homogênea do território, mas essa premissa não é correta, tendo em vista que, de acordo com o IBGE, 85% dos brasileiros estão concentrados em 5% do território nacional.

Assim, o recursos foi negado pelo conselho diretor da Anatel, e permanece a lista das 16 emissoras que devem ser carregadas obrigatoriamente pelas operadoras de TV paga:

  1. Abril – Ideal TV
  2. Cable-Link – Rede RBI
  3. Fundação João Paulo II – Canção Nova
  4. Fundação Nossa Senhora Aparecida – TV Aparecida
  5. Fundação Padre Anchieta – TV Cultura
  6. Globo Comunicação – Rede Globo
  7. Rádio e TV Bandeirantes – Rede Band
  8. Rádio e TV OM – Rede CNT
  9. Record Rádio e TV – TV Record
  10. Rede Mulher de TV – Record News
  11. Sistema Brasileiro de TV – SBT
  12. Sistema de Comunicação Pantanal – Rede Brasil de TV
  13. TV Cidade Modelo – Rede Internacional de TV – Rit
  14. TV Independente de São José do Rio Preto – Rede Vida
  15. TV Ômega – Rede TV!
  16. TV Comunicações Interativas – TVCI

 

 

Anterior 97 empresas aderem a processo contra bloqueio de Trump a imigrantes
Próximos Brasscom quer IoT fora da Anatel