TV paga: número de assinantes cai em abril; Claro lidera perdas


Divulgação
Divulgação

O relatório mais recente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) mostra que a TV paga perdeu cerca de 90 mil assinantes em abril de 2022.  O mês em questão fechou com 13,2 milhões de contratos ativos. Em março, o segmento já havia perdido cerca de 100 mil assinantes.

Das grandes operadoras, a líder Claro foi a que mais perdeu. Passou dos 6.711.313 acessos, em março, para 6.653.460 em abril. A Vivo registrou a menor perda: cerca de 12 mil acessos. Tinha 1.067.282 em março e terminou o mês seguinte com 1.055.227.

PUBLICIDADE

A Oi, que vendeu sua carteira de assinantes de TV pós-pagos para a Sky, teve retração de quase 50 mil acessos. A Sky, segunda colocada em número de acessos (4.352.060, em abril), também perdeu, no caso, cerca de 18 mil.

Aconteceu o inverso com as pequenas. As operadoras regionais de TV paga ganharam cerca de 15 mil assinantes de um mês para o outro.

Tipo de tecnologia

Em relação ao meio de acesso, todas as tecnologias utilizadas na transmissão tiveram baixa, mas a fibra praticamente se manteve estável, com a menor retração: uma queda de cerca de 0,8%. O satélite caiu de 9,05 milhões de acessos para 8,97 milhões, ou quase 1%. O cabo coaxial teve queda de pouco mais de 1%.

A Claro utiliza principalmente o cabo coaxial, enquanto Sky e Oi, o DTH (satélite). A Vivo deixou o segmento de TV paga via satélite.

 

PUBLICIDADE
Anterior Iluminação pública é porta de entrada para digitalização das cidades, diz American Tower
Próximos Em votação apertada Anatel retira outorga de TVA de empresa de Minas