TV digital: ministro volta a dizer que cronograma de limpeza da faixa será respeitado.


Animado com as últimas informações recebidas dos integrantes do Gired sobre o movimento de venda de TVs e conversores em Rio Verde (GO), a primeira cidade do país que deveria ter seu sinal analógico desligado em 29 de novembro, o que não aconteceu, o ministro das Comunicações, André Figueiredo, disse que aguarda os dados da ultima pesquisa do Ibope, relativos à semana de 22 a novembro, e os resultados da próxima reunião do Gired, marcada para o dia 9, para tomar as decisões sobe o cronograma de migração.

Ele reiterou que as eventuais alterações do cronograma vão respeitar sempre duas datas: o prazo final para o swicht off, 2018, e as datas definidas para a limpeza das faixas em cada cidade. “Esses são compromissos contratuais que ser cumpridos”, afirmou. Assim, mesmo que o desligamento do sinal analógico da TV de uma cidade seja postergado, a data definida para a limpeza da faixa daquela cidade será mantida.

Anterior “Temos que identificar o porquê da judicialização”, diz Otávio Rodrigues
Próximos MediaTek lança plataforma aberta de internet das coisas