You Tube estuda cobrar por assinatura


A CEO do You Tube, Susan Wojcicki, disse hoje, em evento na Califórnia que estuda lançar uma versão paga do site de vídeo online. Segundo ela, esta alternativa daria mais opções aos usuários e seria melhor trabalhada em um mundo onde os clientes “ estão assistindo cada vez mais vídeos pelos aparelhos móveis e seus apps”.

Há um ano, o You Tube já permitiu que os provedores de conteúdo criassem os seus próprios canais de vídeo e cobrassem por estes canais. Mas nunca havia oferecido uma opção de assinatura que excluísse os anúncios, como foi anunciado agora.

PUBLICIDADE
Anterior Gestora espanhola de ativos passa a ter direito de voto na PT
Próximos NEC aposta em small cell e reconhecimento facial no comércio para voltar a crescer