Triple Play Brasil é autorizada a emitir R$ 400 milhões em debêntures


Autorização do Ministério das Comunicações prioriza a implantação e ampliação de rede de transporte e rede de acesso fixa para telecomunicações. Os estados contemplados são Bahia, Ceará, Goiás, Minas Gerais, Paraíba, Rio Grande do Norte e São Paulo.

As áreas onde a Triple Play atua – o mapa foi criado antes da compra da Outcenter, da Bahia.

O Ministério das Comunicações autorizou a Triple Play Brasil a emitir até R$ 400 milhões em debêntures incentivadas para investimento em projetos de infraestrutura de telecomunicações. A execução so serviço ficará a cargo da autorizatária Conexão Serviços de Comunicação Multimídia. 

O projeto aprovado prevê a implantação e ampliação de rede de transporte e rede de acesso fixa para telecomunicações. Os estados contemplados são Bahia, Ceará, Goiás, Minas Gerais, Paraíba, Rio Grande do Norte e São Paulo. 

PUBLICIDADE

A empresa tem como alvo os mercados residenciais e B2B (business-to-business), com presença em 26 pequenos e médios municípios em três grandes clusters geográficos nos estados do Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba e Bahia no Nordeste, e no interior dos estados de São Paulo e Minas Gerais no Sudeste. 

A Triple Play, que nos últimos anos comprou mais de sete empresas, diz que o mercado brasileiro de banda larga tem alta fragmentação e vê isso como uma vantagem para fazer sua plataforma escalável ganhar mais posição e consolidação de mercado. 

O capital social da Triple Play é de R$ 360,8 milhões divididos em 365.372.240 ações ordinárias. O principal acionista é o fundo de investimentos ALAOF Brasil Mídia Holdings, com 98,28% do capital total. 

A empresa chegou a protocolar no ano passado intenção de fazer oferta pública de ações (IPO, na sigla em inglês). 

Anterior Reforma tributária ameaça 9% dos lucros de TIM e Vivo
Próximos PGR diz que serviços postais não podem ser privatizados