Três em cada 5 brasileiros têm lixo eletrônico em casa


Divulgação
Divulgação

Pesquisa realizada pelo V.Trends, hub de pesquisa e insights da Vivo, mostra que três em cada cinco brasileiros têm lixo eletrônico guardado em casa. O levantamento aponta que a principal barreira para o descarte é a falta de pontos de coleta especializados por perto (61%). Outro motivo é a ausência de informação de como descartar estes resíduos da maneira correta (44%).

Por conta disso, a operadora, por meio do programa Recicle com a Vivo, quer mobilizar consumidores a levarem seu lixo eletrônico até uma de suas 1,7 mil lojas do país. A intenção é evitar que o lixo acumulado vá parar no meio ambiente

PUBLICIDADE

A operadora diz que decidiu investir na pesquisa a partir da informação de que o Brasil está entre os países que mais produzem lixo eletrônico no mundo, segundo levantamento do The Global E-waste Monitor.

A pesquisa da V.Trends foi realizada por meio da plataforma de human analytics da MindMiners, entre os dias 13 e 19 de maio em 2022. Foram ouvidas 300 pessoas. A amostra foi distribuída a fim de representar ao máximo a população brasileira seguindo o IBGE.

Resultados

De acordo com os resultados da pesquisa do V.Trends, entre aqueles que fazem o descarte, 86% dizem que procuram separar seu lixo eletrônico dos demais resíduos recicláveis, e 64% afirmam que fazem esse descarte em pontos de coleta especializados.

Já 16% dos participantes informam que costumam jogar fora seu lixo eletrônico no lixo comum. E uma em cada cinco pessoas (19%) diz que costuma fazer o descarte junto com os demais recicláveis.

Outra observação do estudo é que quem tem filhos costuma praticar com maior frequência hábitos sustentáveis, como a reciclagem. Cerca de 77% dizem que costumam fazer o descarte de lixo eletrônico, contra 66% do total de respondentes.

Entre pais e mães, 62% sempre ou quase sempre descartam seu lixo em pontos de coleta seletiva, comparado com 48% do total, e 54% sempre ou quase sempre dão preferência a marcas que têm compromisso com a sustentabilidade, comparado com 44% do total.

Toneladas

Impulsionada por campanhas em mídia, e ações com parceiros e colaboradores, a operadora recolheu, com o programa Recicle com a Vivo, 9,2 toneladas de itens destinados para reciclagem, em 2021, um crescimento de 21% em relação ao ano anterior.

A meta para 2022 é ultrapassar 10 toneladas de eletrônicos recolhidos em lojas. Entre os principais itens de descarte recebidos por meio do programa Recicle com a Vivo estão baterias, pilhas, fones de ouvido e carregadores, além dos próprios celulares.

Desde que foi implantado, em 2006, o programa Recicle com a Vivo já recolheu mais de 5 milhões de itens, sendo mais de um milhão de celulares. Com isso, garantiu a destinação adequada de 128 toneladas de resíduos, que voltam para a cadeia produtiva sob a forma de matéria prima para produção de equipamentos como novos cabos e baterias.

PUBLICIDADE
Anterior Mês do orgulho LGBTQIA+: Pluto TV lança canal que celebra diversidade
Próximos Motorola coloca dois novos celulares no mercado e prepara mais lançamentos