Transmissão dos jogos da Copa ocorreu sem interrupções, diz Bernardo.


Ministro, que participou hoje do balanço do Mundial pelo governo, disse que foram 166 Terabytes de tráfego circulado pela rede da Telebras. Segundo o SindiTelebrasil, foram enviados 48,5 milhões de fotos durante os jogos. E a Oi informa que passou por sua rede 74 terabytes de dados trafegados.

A transmissão dos 64 jogos da Copa do Mundo, treino das seleções e entrevistas coletivas de técnicos e jogadores ocorreram sem contrapontos, informou o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, durante o balanço do governo da Copa do Mundo, nesta segunda-feira (14). Segundo ele, foram 517 horas de transmissão sem interrupções, que passaram pela rede de alta capacidade construída pela Telebras.

Bernardo informou que a rede, com pouco mais de 15 mil km de fibras ópticas, interligou todos os estádios onde ocorreram os jogos do Mundial, além de centros de treinamentos das equipes e locais da Fifa. “Em todos esses lugares, chegaram, separadamente, duas redes com 30 Gbps de capacidade de transmissão, que suportou o 166 Terabytes de tráfego circulado”, disse.

Para os serviços de telefonia e internet, Bernardo informou que foram instaladas 15.012 antenas, 3.274 delas dentro dos estádios e as demais nos lugares de grandes aglomerações nas 12 cidades-sedes da Copa. O tráfego de dados nas arenas foi de 26,7 Terabytes e as ligações somaram 4,4 milhões.

PUBLICIDADE

Segundo o ministro, as operadoras comunicaram a venda de 16,1 mil chips para visitantes estrangeiros, enquanto 341 optaram pelo uso de roaming. E afirmou que o Facebook reportou a postagem de 3 bilhões de mensagem na rede social sobre a Copa, quebrando todos os recordes das redes sociais.

TVs

Bernardo disse ainda que os fabricantes de eletrodoméstico informaram um aumento de vendas de televisores de 60%, chegando a junho com 8 milhões de aparelhos comercializados. Smartphones, notebooks e tablets somaram 1,5 milhão. “A expectativa da indústria é de que a venda desses equipamentos chegue a 20 milhões de unidades”, concluiu.

SindTelebrasil

Balanço do SindiTelebrasil divulgado hoje informa que, a final da Copa do Mundo no Maracanã foi marcada por mais um recorde de envio de fotos pelos torcedores. Na última partida do mundial, entre Alemanha e Argentina, as redes de telecomunicações instaladas pelas prestadoras registraram um volume de tráfego de dados equivalente a 2,6 milhões de fotos, com tamanho médio de 0,55 MB. Durante as 64 partidas do mundial no Brasil, que se tornou a ‘Copa das Selfies’, foram feitas 4,5 milhões de ligações telefônicas e enviadas 48,5 milhões de fotos, correspondestes a 26,7 TB.

Rede da Oi

Nos 31 dias de competição, a Oi registrou 74 terabytes de dados trafegados nas redes de mídia e informática providas para a Fifa e utilizadas pelos cerca de 20 mil profissionais de mídia de 113 países credenciados para cobrir o evento. O volume de dados foi o triplo do registrado na Copa do Mundo da Fifa África do Sul 2010 (cerca de 25 terabytes) e equivale a mais de 80 milhões de fotos em resolução normal ou cerca de 20 milhões de fotos em alta resolução.

“Chegamos ao fim da Copa do Mundo com a certeza de que a Oi está preparada para atuar como fornecedora de Telecom e TI em qualquer grande evento internacional. O recorde de Copa mais conectada consolida a experiência acumulada pela Oi ao longo dos últimos anos com atuação em outros eventos, tanto na área de esportes quanto na de entretenimento, como o Rock in Rio 2013, e de conferências internacionais, como a Rio + 20”, afirma José Claudio Moreira Gonçalves, diretor de Operação Centralizada da Oi.

O maior volume de tráfego de dados (3,2 terabytes) foi registrado no dia 23/06, quando aconteceram outros quatro jogos da fase de grupos (Brasil x Camarões, Austrália X Espanha, Chile x Holanda, e Croácia x México). Até as semifinais da Copa do Mundo da FIFA 2014, os maiores volumes de tráfego de dados em cada fase da competição foram registrados nos dias de jogos do Brasil. Na última fase, o tráfego da final entre Alemanha e Argentina (13/07) superou o da partida entre Brasil e Holanda (12/07).

 

Anterior Vendas de semicondutores vão crescer 6,7% em relação a 2013
Próximos Neutralidade deve valer para banda larga fixa e móvel, defendem empresas de internet nos EUA