Todos os equipamentos da Nokia serão compatíveis com OpenRAN a partir de 2021


O CEO da Nokia do Brasil, Luiz Tonisi, também aproveitou sua apresentação hoje, 29, no Painel Telebrasil para defender a adoção do padrão OpenRAN pela indústria e pelas operadoras de telecomunicações locais. Segundo ele, todos os equipamentos de rede feitos pela companhia a partir de 2021 já serão compatíveis com o padrão aberto.

Ele não revelou qual a proporção atual de produtos Nokia saem de fábrica com essa compatibilidade, mas disse que já há no mercado “muitos” equipamentos da empresa finlandesa aderentes ao padrão OpenRAN.

PUBLICIDADE

Assim como o CEO da TIM, Pietro Labriola, que mais cedo defendeu a adoção em massa do OpenRAN para impulsionar o Brasil no ecossistema mundial 5G, Tonisi disse que a adoção do padrão trará oportunidade para o país que poderão nos diferenciar do resto do mundo.

Testes e IoT

O executivo contou que a Nokia está realizando provas de conceito com tecnologias 5G com operadoras de todos os portes no país. E citou as prestadoras de pequeno porte Algar, Americanet e Brisanet como exemplos de empresas que vem testando a quinta geração da fabricante.

Por fim, ele ressaltou que além de fabricante, a empresa pretende ser uma fornecedora de rede IoT para ISPs e operadoras que não desejam fazer investimento próprio nesse padrão. “Estamos investindo em uma plataforma de IoT Core para operadoras e PPPs. Vamos ter um core IoT no Brasil para que não quiserem investir no seu próprio core se conectem”, afirmou. A companhia tem um projeto mundial de rede IoT, batizado de Wing. Aqui, a TIM já aderiu à iniciativa em dezembro último.

Anterior Regulação responsiva pressupõe a boa-fé dos envolvidos, diz Elisa
Próximos Participação da Huawei no 5G é decisão política, diz subsecretário