TIM implanta na Bahia sites 4G movidos a energia solar


TIM implanta na Bahia sites 4G movidos a energia solar
Crédito: Freepik

Para cobrir 100% dos municípios da Bahia com 4G até 2022, a TIM lançou um ambicioso projeto batizado de SkyCoverage. A iniciativa prioriza o uso de diferentes tecnologias, inclusive de estruturas simplificadas e uso de energia renovável, como painéis solares para conectar torres e antenas. Na Bahia, serão beneficiadas diversas localidades com essa solução. Até o momento, já foram instalados e ativados sites em 97 localidades rurais e outros 52 sites em áreas urbanas, em um total de 149 municípios.

A companhia tem investido na instalação de antenas na Bahia para levar cobertura de quarta geração a distritos, vilas, estradas, resorts e pontos turísticos que hoje, por exemplo, não são atendidos por nenhuma rede celular. Os aportes são parte do acordo firmado com a Anatel, que determinou obrigações de cobertura em vez do pagamento de multas.

A empresa optou por adquirir energia de matriz renovável para garantir o funcionamento das suas estações (antenas), com adesão a soluções offgrid, ou seja, que não dependem de rede elétrica para funcionamento, mas de alimentação de energia através de painéis fotovoltaicos. O objetivo é levar a rede de quarta geração também a locais de difícil acesso e sem energia elétrica disponível, com a instalação de torres e antenas alimentadas por painéis solares.

Dessa forma, a operadora garante uma maior cobertura 4G também com infraestrutura simplificada, de baixo impacto ambiental e menor custo. “Esse novo projeto foi desenvolvido com o intuito de levar conectividade à população baiana que não tem acesso à conectividade de ponta por questões logísticas e de infraestrutura, com o uso de diferentes tecnologias”, afirma Ageu Guerra, Gerente de Engenharia da TIM Nordeste.

Atualmente, a tecnologia 4G alcança 295 dos 417 municípios baianos e 77 com o 4,5G. A companhia também disponibiliza o serviço de voz sobre a rede 4G (VoLTE) para 1.223 localidades da região, sendo 294 da Bahia, e continua ativando a rede 4G nas frequências de 700MHz e 850MHz, que oferecem uma experiência melhor ao usuário, principalmente em ambientes indoor, por ter maior alcance e poder de penetração.

PUBLICIDADE
Anterior Qualcomm, Nokia e Juganu se juntam para padronizar IoT 5G no Brasil
Próximos Oi vende sua parte na operadora de satélites Hispamar