TIM, Ericsson e Qualcomm batem recorde de velocidade 5G com mmWave em longa distância


Foto: Divulgação/Qualcomm

TIM, Ericsson e Qualcomm conseguiram alcançar velocidade de 1 Gbps na frequência 26 GHz de ondas milimétricas (mmWave) a uma distância de 6,5 km entre o dispositivo e a torre de celular. Esse foi um recorde mundial em ultra banda larga de longa distância com tecnologia 5G aplicada em redes fixas se fio (FWA). A velocidade da aplicação real de tráfego de web foi de 700 Mbps.

Para o experimento, as empresas empregaram rede da TIM  e antena da Ericsson AIR 5322. Também, foi utilizado uma nova geração de dispositivos CPE 5G, o AurusAI, da fabricante Casa Systems. Os dispositivos dispunham do sistema Snapdragon X55 Modem-RF, da Qualcomm. A rua Oriolo Romano na cidade de Roma, Itália, abrigou a instalação. 

PUBLICIDADE

Em breve, outro teste ocorrerá na comuna italiana de Fronte. Localizada na província de Turim, a região ainda não possui soluções de conectividade. Uma antena mmWave com uma alta capacidade de conexão de rádio 5G já foi preparada na comuna. O intuito disso é que usuários experimentem a velocidade do FWA 5G. Depois, os parceiros selecionarão outros distritos industriais para que empresas B2B testem a tecnologia.

As empresas afirmaram que o novo recorde indica que a aplicação do 5G mmWave é viável para uma cobertura mais ampla, e não apenas para áreas urbanas e de alta densidade. Essa conexão se aplicaria, especialmente, em locais que não contam com cobertura de fibra óptica.

Em geral, o 5G mmWave não dispõe de grande penetração, o que dificulta sua expansão para grandes áreas. Durante o teste, a presença de um potente CPE com visada para a torre da TIM foi uma das razões para que a conectividade alcançasse a marca de 6,5 km. Isso aponta a possibilidade de aplicação na tecnologia em banda largas residenciais. (Com assessoria de imprensa)

Anterior Apenas 3 meses após leilão de espectro, 5G é ativado na França
Próximos Oi e Faro Energy fecham parceria para uso de energia solar em unidades da operadora em Minas Gerais