Teles querem tudo digital no sandbox regulatório


José Bicalho, da Conexis, defende a criação do sandbox regulatório no setor
Crédito: Divulgação

O uso de sandbox regulatório ne setor de telecomunicações foi defendido pelo diretor da Conexis Brasil Digital, José Alexandre Bicalho, em live do Tele.Síntese, nesta sexta-feira, 26. Ele adianta que a entidade está desenvolvendo a ideia de fazer um atendimento completamente digital, como fazem os bancos.

“Se você tentar fazer o mesmo no setor de telecomunicações, haverá uma série de impedimentos, como a obrigatoriedade do envio de conta telefônica e uma série de outras restrições, que impediriam um atendimento completamente digital”, disse. Ele afirmou que o setor está  reivindicando que toda inovação possa ser feita sem nenhuma barreira regulatória.

PUBLICIDADE

“Nesse modelo novo está se pensando um modelo de contratação, instalação e reparo completamente digital, que pudesse resolver de forma mais prática os problemas”, defendeu Bicalho. Ele ressalta que, para isso, a regulamentação precisaria ser flexibilizada, o que aconteceria com a adoção do sandbox.

O uso de sandbox regulatório está previsto no regulamento de simplificação regulatória, ainda em tramitação na Anatel e que deve passar por consulta pública no primeiro semestre de 2022. Essa é uma iniciativa que permite testar um novo serviço ou produto de forma controlada e livre das amarras da regulação.

PUBLICIDADE
Anterior Conexis e Oi elogiam as novas medidas do regulamento de qualidade
Próximos Sky quer regras mais leves para competir com OTTs