Teles continuam entre as 10 empresas mais reclamadas no Procon-SP


Os grupos Telefônica, Embratel, Oi, TIM e Sky estão entre as dez empresas mais reclamadas no primeiro semestre deste ano no Procon de São Paulo e o principal motivo é cobrança indevida. A relação, divulgada no site do órgão, aponta também o grau de solução dos conflitos, a maioria acima de 80%. No ano passado, as teles lideraram o ranking das anotações fundamentadas da mesma entidade de defesa do consumidor.

A Telefônica/Vivo ficou na primeira colocação com 22,9 mil atendimentos e um grau de resolução de 85,14%. Mas a Telefônica Brasil, que compreende a telefonia fixa, ficou no 43º lugar com 573 queixas e 99,20% de resolução.

O grupo Claro/Embratel/NET ficou na segunda posição com 17,5 mil anotações e com grau de resolução de 85,82%. A Sky, em quinto, recebeu 7,2 mil queixas, mas resolveu 86,43% delas.

PUBLICIDADE

A TIM ocupa a sétima colocação no ranking do Procon-SP, com 5,2 mil reclamações e com o grau de resolução de 83,32%. A Oi, em 10º lugar, recebeu 3,2 mil queixas e resolveu 67,18% dos conflitos, sem interferência judicial.

Anterior Bittar defende novo PNBL com metas arrojadas
Próximos Grupo Espírito Santo tem aprovada gestão controlada, vende ações e perde mais um diretor