Telefónica pode vender operações no México e América Central


O jornal espanhol Expansion publicou ontem, 18, notícia informando que o grupo Telefónica – que controla a Vivo no Brasil – estaria prestes a se desfazer de suas operações no México e em países da América Central. E a empresa já teria até compradores.

PUBLICIDADE

Para suas operações no México, o interessado seria o fundo Cerberus e para as unidades da América Central, a venda poderia ocorrer para a operadora Millicom, que já tem atuação em países da região.

O grupo espanhol precisa diminuir a sua gigantesca dívida e a venda de ativos nas Américas é uma alternativa sempre citada. A atuação da Telefónica no México, que entrou para quebrar o monopólio  de mais de 80% do mercado das empresas do bilionário Carlos Slim, que controla no Brasil a Claro, ficou ainda mais difícil com a decisão da norte-americana AT&T de também disputar aquele mercado.

Os países da América Central, por sua vez, são muito pulverizados, com poucos clientes, o que também deixa de interessar a empresa.

PUBLICIDADE
Anterior Via Direta pede que STF mande TCU julgar novamente acordo Telebras/Viasat
Próximos Telecom, internet e política industrial de TIC podem ficar no Ministério da Economia