Telefónica lançará bônus conversíveis em ações da Telecom Itália, e inicia sua saída da empresa.


A operadora Telefónica comunicou hoje ao regulador do mercado espanhol que vai emitir 750 milhões de euros em bônus a serem pagos com ações da Telecom Italia detida pela empresa. Os papéis vencem em 24 de julho de 2017 e terão juros de 5,25% a 6% ao ano. A Telefónica passou a deter 14,8% das ações da Telecom Italia com a dissolução da Telco, holding que controlava a italiana. A emissão é o passo inicial de uma retirada, por parte da Telefónica, do capital da Telecom Italia, cujo processo deve se consolidar no médio prazo.

Apesar de a data limite para a troca ser 2017, a companhia pode acelerar o processo, repassando antecipadamente as ações aos compradores dos títulos a qualquer momento. Os compradores dos bônus poderão pedir, ainda, a troca antecipada 41 dias após a aquisição dos papéis. Os bônus devem ser lançados, se não houver impedimento do regulador espanhol, em 24 de julho próximo. Os fundos arrecadados serão usados nas operações ordinárias da Telefónica. A operadora pretende, também, negociar os bônus na bolsa de Frankfurt, da Alemanha.

A emissão dos bônus, porém, não representa liquidação total da participação da Telefónica na Telecom Italia. Pelo preço de fechamento do pregão de hoje, na Itália, os 750 milhões de euros representam apenas 5% das ações da operadora italiana. A Telefónica não informou, ainda, se pretende, e de que forma, vender os cerca de 10% restantes. No Brasil, a Telefónica controla a Telefônica Vivo, enquanto a Telecom Italia controla a TIM.

PUBLICIDADE

 

Anterior Ações da Oi fecham com forte alta, após acordo com a PT.
Próximos Incentivos da Zona Franca de Manaus e da Lei de Informática têm votações concluídas