Telefônica investe R$ 150 milhões em melhoria de atendimento


Depois da conclusão do Plano de Estabilidade da rede Speedy, a Telefônica segue com uma série de ações de aprimoramento voltadas para o atendimento ao consumidor, com investimentos de R$ 150 milhões em 2009. As medidas de melhoria da companhia para seus clientes já foram iniciadas em suas 122 lojas no estado e na Central de Atendimento …

Depois da conclusão do Plano de Estabilidade da rede Speedy, a Telefônica segue com uma série de ações de aprimoramento voltadas para o atendimento ao consumidor, com investimentos de R$ 150 milhões em 2009. As medidas de melhoria da companhia para seus clientes já foram iniciadas em suas 122 lojas no estado e na Central de Atendimento 10315. Além da contratação de cinco mil atendentes desde 2008, foram realizadas ampliações e reformas de infraestrutura em lojas e treinamentos diferenciados para as equipes de atendimento.

O presidente da Telefônica, Antonio Carlos Valente, reafirmou o compromisso da companhia em priorizar o consumidor. E disse que a empresa está trabalhando dia e noite para aprimorar seus canais de atendimento. Para isso, contratou novos funcionários para as lojas e está reformando as unidades de atendimento da região metropolitana e do interior do estado, que incluem cidades como Araçatuba, Bauru, Campinas, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São José dos Campos, Sorocaba e Taubaté.

Outra ação da Telefônica foi a inauguração de operações em um novo call center localizado no bairro do Sabará, na zona sul de São Paulo, cuja capacidade chega a mais de três mil profissionais de atendimento. Além disso, a empresa prossegue em seus investimentos junto aos atendentes. Nos últimos dois meses, formou novas operações que chegam a cerca de 500 profissionais e tem reforçado seu programa de recapacitação para 100% dos atendentes. A companhia também adotou ferramentas diferenciadas que propiciaram mais autonomia ao operador, aumentando a resolutividade das demandas. (Da redação, com assessoria de imprensa)

PUBLICIDADE
Anterior Oi paga multa de 1,9 mi por usar cabo sem certificação
Próximos Aumento das tarifas de telefonia não chegará a 1%