Telefónica e Rakuten fecham parceria para estimular Open RAN


A Telefónica anunciou uma parceria com a operadora japonesa Rakuten Mobile para desenvolver a tecnologia Open RAN em conjunto para as redes 5G. Enrique Blanco, CTIO da Telefónica, explicou  que a evolução para 5G e a abordagem tradicional para redes não são suficientes para construir um sistema baseado em IA e o OSS necessário. Além de definir as interfaces, as empresas estão explorando a aquisição de hardware e software, disse Blanco.

O CTO da Rakuten Mobile, Tareq Amin, enfatizou que a parceria não se trata apenas de abrir as interfaces: “É sobre as possibilidades futuras, quando essas redes se tornarem totalmente autônomas”. “O que faz a diferença é a automação, pois permite a economia operacional. Vamos gastar muita energia em torno do desenvolvimento conjunto de automação, especialmente o que chamamos de transformação OSS para nos afastarmos dos sistemas legados. ”

PUBLICIDADE

Amin observou que uma grande operadora global como a Telefónica traz credibilidade para o ecossistema Open RAN. “A seleção de fornecedores normalmente leva muito tempo no setor de telecomunicações em comparação com as empresas de escala da web”, completou o executivo da operadora japonesa.

A Telefónica planeja introduzir  Open RAN  em três fases, com pilotos começando este ano, lançamentos iniciais em 2021 e implantações em massa em 2022. “Estou extremamente convencido de que atingiremos essas metas, mas estamos tentando ser conservadores”, disse Blanco . De 2022 a 2025, até metade das implantações 5G da Telefónica usarão Open RAN, acrescentou ele. A operadora espanhola é fundadora da Open RAN Policy Coalition. (agências internacionais).

Anterior Tim registrou 6 mil produtores beneficiados com conectividade
Próximos Claro passa a revender plano de acesso ao app do Hospital Israelita Albert Einstein