Telefônica é autorizada a converter ações preferenciais em ordinárias


A Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL) autorizou hoje, 6, a Telefônica Brasil a realizar a conversão de suas ações preferenciais em ordinárias. Todas as das 1.119.340.706 de ações PN da companhia serão transformadas na proporção de uma ação ordinária para cada ação preferencial, com extinção das ações preferenciais.

Em comunicado ao mercado emitido hoje, David Melcon, diretor de relações com investidores da Telefônica Brasil, diz que a empresa iniciará os procedimentos para obter as aprovações societárias “aplicáveis para a efetivação da Conversão, incluindo, mas não se limitando, às aprovações pelo seu Conselho de Administração e pelas Assembleias Gerais Extraordinária e Especial da Companhia, bem como pelos demais órgãos internos”.

PUBLICIDADE

A empresa não divulgou cronograma para completar a operação. O aviso de que o grupo teria apenas ações ordinárias no país foi dado em março. À época, Melcon afirmou que “a unificação das classes de ações fortalece a Governança Corporativa da Companhia, garantindo mais direitos e proteção aos acionistas minoritários ao estender o direito de voto e conceder o tag along”.

Anterior Cresce coro pelo adiamento da LGPD
Próximos Pagamento à Anatel não será prioridade no plano de recuperação da Oi, decide STJ