Telefónica Chile vende unidade de fibra para fundo KKR


A Telefónica Chile vendeu 60% de sua unidade de infraestrutura de fibra óptica para o fundo KKR Alameda Aggregator, por cerca de US$ 600 milhões. O anúncio foi feito ao mercado na noite de ontem, 22.

A Infraco da Telefónica no Chile reúne 2 milhões de homes passed (residências aptas a assinar banda larga por fibra óptica). Como resultado da venda, a operadora vai assinar uma série de termos de serviço com a Infraco, para ser cliente da empresa vendida. Entre os contratos, há o de uso da rede para transmissão no atacado.

PUBLICIDADE

A transação significa que a unidade tem valor de mercado de US$ 1 bilhão, o que significa um múltiplo de 18,4x o OIBDA (lucro operacional antes de impostos, depreciações e amortizações).

O negócio ainda precisa passar pelo crivo das autoridades concorrenciais locais. Após efetivada, o dinheiro entrará no caixa e será usado para o abatimento de dívidas do Grupo Telefónica como um todo. A dívida da holding mundial somava, em setembro de 2020, € 36,67 bilhões.

O fundo KKR é o mesmo que comprou, ano passado, participação da empresa de infraestrutura óptica da Telecom Italia.

Anterior Uber vai gravar vídeo durante as corridas em Aracaju
Próximos Parceria entre Intel e Google mira demanda por nuvem na borda das redes 5G