Telefônica Brasil firma contrato e cria joint venture de educação com a Ânima


Telefônica Brasil firma contrato e cria joint venture de educação com a Ânima
Crédito: Freepik

A Telefônica Brasil informou ao mercado na noite de ontem, 8, que assinou o contrato para criação de uma joint venture com a empresa Ânima Brasil. A joint venture, dedicada ao mercado de educação, vai oferecer cursos online.

As empresas já haviam informado em outubro passado o início das negociações. O projeto prevê a criação de uma plataforma digital de cursos livres de capacitação. O objetivo é promover a educação continuada e melhorar a empregabilidade dos estudantes.

PUBLICIDADE

Ao menos quatro áreas do mercado profissional já estão confirmadas como alvo dos cursos: Tecnologia, Gestão, Negócios e Turismo.

“Ao associar o know-how da Ânima Educação em fornecer cursos na modalidade digital à capacidade de distribuição em escala da Telefônica Brasil, a joint-venture ofertará aos seus clientes trilhas personalizadas, com conteúdo atual e aderente à demanda do mercado de trabalho contemporâneo, contribuindo para o desenvolvimento e melhoria da condição de vida dos seus estudantes”, diz a Telefônica, em comunicado.

Embora o contrato esteja assinado, a nova empresa entrará em operação apenas após o aval do Comitê Administrativo de Defesa Econômica, o Cade. O órgão vai dizer se a formação da joint venture obedece aos critérios concorrenciais brasileiros.

A iniciativa não é inédita, vale ressaltar. A Vivo já tem parcerias para ofertar serviços digitais distintos de telefonia ou banda larga em outros setores. Tem, por exemplo, produto bancário, pelo qual oferece empréstimo e vende seguros (Vivo Money e Vivo Pay). Tem ainda o projeto Vida V, na área de saúde, o marketplace  Shopping Vivo (em parceria com Microsoft 365 e Dotz), além do Vivo Guru (em parceria com a CDF, de manutenção de equipamentos).

O grupo Ânima é dono das instituições de ensino superior Anhembi Morumbi, São Judas, Unisul, entre outras. Também detém as marcas HSM, BSP, Le Cordon Bleu e Singularity no Brasil. Tem 320 mil estudantes matriculados em suas instituições de ensino.

A Telefônica, por sua vez, é a maior operadora de telecomunicações do país em número de clientes, com 97 milhões de assinantes de serviços de telefonia móvel, fixa, banda larga fixa e TV paga.

PUBLICIDADE
Anterior Sercomtel e Algar cobram remédios "robustos" na venda da Oi Móvel
Próximos Telefonia fixa tem mais um ano de queda de acessos