Telefonia fixa: queda de 94 mil assinantes no mês e de 1,2 milhão no ano


telefone-fixo-linha-fixa-concessao-foto-de-Aidan-cc-by-20O movimento de recuo da telefonia fixa, tendência natural, continua. No conjunto, entre concessionárias e autorizadas, caiu 94 mil assinantes em março de 2018 em relação a fevereiro – só cresceu entre as autorizadas graças aos combos. E no cômputo do ano, segundo dados divulgados hoje, 27, pela Anatel, caiu 1,2 milhão de linhas.

No mês de março de 2018, 17.138.921 linhas fixas foram registradas pelas autorizadas no país e 23.320.633 pelas concessionárias. Em 12 meses, as autorizadas apresentaram diminuição de 20.586 (-0,12%) e as concessionárias de 1.188.247 (-4,85%) linhas. Comparado a fevereiro de 2018, houve aumento de 22.738 unidades (+0,13%) nas autorizadas e redução de 117.241 (-0,50%) nas concessionárias.

Grupos

PUBLICIDADE

A participação de mercado das prestadoras fixas autorizadas ficou assim dividida em março de 2018: Claro com 10.818.655 (63,12%) linhas, Telefônica com 4.777.058 (27,87%), a TIM com 739,454 (4,31%), a Algar Telecom com 350.954 (2,05%), a Oi com 166.557 (0,97%), a Sercomtel com 88.870 (0,52%), a Cabo com 36.712 (0,21%) e a BT com 3.970 (0,02%). Já a participação de mercado das concessionárias, ficou dividida da seguinte maneira: Oi com 13.065.965 (56,03%) linhas, Telefônica com 9.330.960 (40,01%), AlgarTelecom com 756.010 (3,24%), Sercomtel com 165.874 (0,71%) e a Claro com 1.824 (0,01%).

Dentre as autorizadas, nos últimos 12 meses, registraram crescimento Algar Telecom (+35,08%), TIM (+7,22%), Oi (+3,56%), Sercomtel (+1,69%) e Telefônica (+0,23%). A BT (-14,77%), a Cabo (-1,46%) e a Claro (-1,36%) apresentaram redução. Já dentre as concessionárias, em um ano, registraram crescimento Claro (+4,23%) e Algar Telecom (+2,30%). A Telefônica (-2,82%), a Sercomtel (-5,86%) e a Oi (-6,61%) obtiveram queda.

Na comparação de março de 2018 com fevereiro do mesmo ano, dentre as autorizadas, registraram crescimento Algar Telecom (+1,78%), Cabo (+1,26%), TIM (+0,35%) e a Telefônica (+0,30%). A Claro (-0,01%), a Oi (-0,07%) e a Sercomtel (-0,53%) apresentaram redução. A BT permaneceu estável (0,00%). Dentre as concessionárias, apenas a Claro (+0,22%) obteve crescimento. A Algar Telecom (-0,09%), a Telefônica (-0,15%), a Oi (-0,75%) e a Sercomtel (-2,16%), apresentaram redução.

A Anatel também disponibilizou os dados da telefonia fixa de março de 2018 por estado no Portal online. (Assessoria de Imprensa)

Anterior Europa multa Altice por interferir na PT antes de aprovada a operação
Próximos Nas celulares, pequena recuperação em março.