Telefonia fixa perde 319 mil assinantes em janeiro


telefonia fixa

As operadoras de telefonia fixa amargaram a perda de 319,7 mil clientes em janeiro deste ano. Os dados são da Anatel e foram revelados na última semana. O mercado brasileiro de telefonia fixa (STFC) fechou o mês com 28,38 milhões de acessos. Significa que houve uma retração de 1,11% sobre dezembro de 2021.

PUBLICIDADE

As operadoras de todos os portes registraram mais desligamentos que ativações no período. As grandes fecharam janeiro com base de 25,45 milhões de acessos, 165 mil a menos do que em dezembro (-0,65%).

Já as pequenas prestadoras tinham 2,92 milhões de acessos, encolhimento de 154 mil contratos, ou 5% em termos relativos.

Dentre as empresas de grande porte, a Claro apresentou a maior quantidade de cancelamentos e saldo negativo de 55,88 mil contratos ao final de janeiro. A companhia encerrou o mês com 8,63 milhões de acessos fixos.

Segunda maior operadora de STFC em quantidade de clientes, a Oi fechou janeiro encolhendo 1,08%, para 8,55 milhões de assinantes, depois de perder 93,26 mil usuários.

A Vivo terminou janeiro com estabilidade sobre dezembro. Desligou 7 mil clientes, mantendo ainda a faixa de 7,4 milhões de assinantes. A TIM, menor das quatro do fixo, também teve retração e concluiu janeiro com 802 mil assinantes.

Operadora 12-2021 01-2022 Adições Variação %
CLARO 8.686.277 8.630.398 -55.879 -0,64%
OI 8.651.381 8.558.115 -93.266 -1,08%
TIM 811.319 802.040 -9.279 -1,14%
VIVO 7.471.061 7.464.016 -7.045 -0,09%
Total Geral 25.620.038 25.454.569 -165.469 -0,65%

Os números mostram também que a erosão da base de clientes na telefonia fixa em janeiro levou a uma inversão entre autorizadas e concessões. Estas voltaram a ter mais acessos do que as autorizadas em janeiro. Mais de 200 mil clientes das autorizadas cancelaram contratos, enquanto entre as concessionárias foram 113 mil. Com isso, as autorizada fecharam com 14,17 milhões de acessos, e as concessões, com 14,2 milhões.

Regime 01/12/2021 01/01/2022 Saldo Variação
Autorização 14.380.040 14.173.875 -206.165 -1,43%
Concessão 14.320.521 14.206.950 -113.571 -0,79%

Quanto à tecnologia, todas apresentaram mais desligamentos do que conexões. Coaxial, par metálico e fibra encolheram, indício de que o avanço da fibra na banda larga não está contribuindo, via combos, para adições no serviço de telefonia fixa.

Tecnologia 01/12/2021 01/01/2022 Saldo Variação
Cabo Coaxial 4859758 4808124 -51634 -1,06%
Cabo Metálico 12711989 12533324 -178665 -1,41%
Fibra 9830726 9748124 -82602 -0,84%
Rádio 1297839 1291008 -6831 -0,53%
Satélite 249 245 -4 -1,61%
PUBLICIDADE
Anterior TIM Itália inicia negociação formal com o fundo KKR
Próximos MCom marca audiência pública sobre privatização dos Correios