Telecom Italia propõe à Vivendi fusão da TIM com GVT


A Telecom Italia propôs à operadora francesa Vivendi uma fusão dos ativos brasileiros no setor de telecomunicações e comprar parte de seu capital como alternativa à oferta da espanhola Telefónica, informa o Wall Street Journal.

A Telecom Italia propôs à operadora francesa Vivendi uma fusão dos ativos brasileiros no setor de telecomunicações e comprar parte de seu capital como alternativa à oferta da espanhola Telefónica, informa o Wall Street Journal. O presidente do grupo italiano, Marco Patuano, propôs ontem em Paris ao CEO da Vivendi, Vincent Bolloré, a fusão da TIM Participações e da GVT.

Juntamente com esta oferta, também ficaria aberto o mercado brasileiro e italiano para a distribuição dos conteúdos da Vivendi. Conforme o jornal,não foram citados valores do negócio, mas a expectativa é de que o conselho de administração da Vivendi, que se reúne no dia 28 de agosto, também avalie esta oferta, além da proposta da Telefónica.

A operadora espanhola ofereceu 6,7 bilhões de euros (R$ 20,1 bilhões) pela GVT, e a oferta é válida até 3 de setembro. Conforme o Wall Street Journal, esta oferta seria de 60% em dinheiro e 40% em ações da Vivo, além de poder adquirir 8,1% da Telecom Italia, participação que a Telefónica possui na operadora italiana.

PUBLICIDADE
Anterior Apps ajudam Rio a tomar decisões nas áreas de saúde e transporte
Próximos TSE manda retirar propaganda paga no Facebook a favor de candidato