Telebras vai investir R$ 240 milhões em redes metropolitanas


A Telebras vai investir este ano R$ 240 milhões na construção de redes metropolitanas em 21 capitais. O dinheiro será usado também para a ampliação de seu backbone, atualmente com 25 mil km interligando todas as regiões brasileiras. A ampliação da rede de fibra óptica vai atender as redes de governo, provedores regionais e outros clientes da empresa.

O projeto de construção de redes metropolitanas começou em 2013, para instalação de infraestrutura nas 12 cidades que foram sedes da Copa do Mundo de 2014. Para viabilizar a construção, a Telebras tem feito parcerias com as prefeituras de várias capitais, como São Paulo, Porto Alegre, Curitiba.

Pelos acordos, a estatal fica autorizada a usar os dutos subterrâneos já existentes e utilizados por empresas municipais.

PUBLICIDADE

Em São Paulo, por exemplo, a Telebras celebrou recentemente um Termo de Cooperação Técnica com a Prefeitura Municipal, para passagem de 200 km de rede de fibra óptica pelos dutos subterrâneos controlados pela CET – Companhia de Engenharia de Tráfego. O projeto completo prevê passar 1 mil km de fibra pela cidade. A rede da Telebras será interligada à rede de telecomunicações da prefeitura para ampliar o atendimento ao Programa Nacional de Banda Larga (PNBL) e às redes de governo.

Essa rede será utilizada também para prover serviços de internet banda larga nos diversos programas do município de São Paulo, como o WiFi Livre, que fornece acesso livre e gratuito em 120 praças e locais públicos da capital, além dos vários telecentros em funcionamento na cidade.

Na última quarta-feira, 8, o presidente da Telebras, Jorge Bittar, e o prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, aproveitaram a realização do 16º Fórum Internacional de Software Livre e também assinaram um Termo de Cooperação Técnica que prevê a passagem de 8 km de fibra óptica nos dutos administrados pela Procempa – Companhia de Processamento de Dados do Município de Porto Alegre.

Bittar lembra que o projeto das redes metropolitanas será estendido a mais 17 cidades em 2016, dentro dos requisitos de atendimento ao Decreto nº 8.135/2013, de fornecer rede segura de telecomunicações para os órgãos da administração federal.

A Telebras também está investindo forte na ampliação de suas estações de telecomunicações, que conta atualmente com 320 unidades. Está prevista a instalação de mais 97 estações este ano.

Anterior Brics reforçam parceria em telecom
Próximos Mercado mundial de PCs encolhe 11,8%