À Telebras, governo nega intenção de fundir estatais de TICs


A Telebras emitiu comunicado ao mercado hoje, 21, no qual diz ter consultado seu maior acionista, o governo federal, a respeito da intenção de fundir a operadora com outras duas estatais: a Serpro e a Dataprev. E a resposta que obteve foi negativa.

“Telebras reitera aos seus acionistas e ao mercado que, tendo ouvido o seu acionista controlador – o governo federal – inexiste qualquer iniciativa ou processo de fusão desta Companhia com quaisquer outras empresas”, diz no comunicado. O rumor reapareceu no começo deste ano, com a publicação de notícias sobre um relatório de meados do ano passado feito pelo Ministério do Planejamento e que analisava esta possibilidade.

A companhia também confirmou a decisão do conselho de administração em nomear Flávio Luiz Lammel novo diretor administrativo-financeiro e de relações com investidores. O executivo terá mandato até 2018. Ele substitui Marcio Rodrigo dos Santos, que ocupava a função desde 2013.

Anterior Aníbal pede mais 30 dias para analisar TAC da Oi
Próximos Telefonia fixa continua a perder usuários em novembro