Telebras acusa Fifa de calote e vai à Justiça cobrar o pagamento


A Telebras decidiu acionar a Federação Internacional de Futebol (Fifa) na Justiça para receber R$ 9,2 milhões por serviços prestados durante a Copara do Mundo de 2014, realizada no Brasil. O processo foi impetrado pela Advogacia-Geral da União.

Segundo o comunicado, a Telebras e a AGU requerem “entre outras implicações” o pagamento de R$ 9.257.091, acrescidos de juros e correção monetária, contados a partir de 16 de dezembro de 2014, quando a Fifa reconheceu, em carta enviada ao então Ministério das Comunicações, a existência da dívida.

PUBLICIDADE

A Telebras foi escolhida, ainda em janeiro de 2013, para ser a operadora responsável por fazer o transporte dos dados da transmissão da copa para a federação desportiva durante o Mundial. No contrato celebrado, a Telebras alega que havia termo obrigando das receitas recebidas pela emissora fonte (HBS), contratada pela Fifa para fazer a transmissão televisiva.

“Em uma carta de 16 de dezembro de 2014, a Fifa reconheceu que o compartilhamento desse percentual das receitas dos serviços de emissora havia gerado crédito”, diz a estatal no comunicado à CVM. “Entretanto, nenhum valor chegou a ser pago em favor da Telebras”, conclui.

Anterior Oi confirma mudanças na diretoria
Próximos Acionistas da Telebras aprovam aumento de capital de R$ 1,5 bi